:. Review: DFI LanParty NFII Ultra B
 Por Ricardo Palumbo
 
 05/05/2004


Nessa segunda série das análises que fizemos com as placas da DFI (mais especificamente a linha LanParty, destinada a gamers, overclockers e entusiastas) iremos mostrar a placa para plataforma AMD: DFI LanParty NFII Ultra B, considerada a melhor placa para a plataforma atualmente, com a maior variedade de manipulação de suas configurações. Com isso podemos facilmente fazer overclock e melhorar a performance do sistema, visto que o dinheiro gasto para a aquisição de uma placa desse porte não justifica utilizá-la em padrão de performance quando ela tem muito mais a oferecer.

Você que ainda não conhece toda a linha da DFI, pode ler nossa última análise a respeito da DFI LanParty PRO875B para plataforma Intel. Ela se saiu muito bem, e esperamos um bom resultado dessa NFII Ultra B, que é até mais famosa pela excelente performance do que a LanParty PRO875B, segundo websites estrangeiros e performance já constatada nos “bastidores” da análise.

Assim como toda a linha LanParty sua caixa é grande e agrega muitos acessórios interessantes. As opções de Setup e etc são todas por padrão da linha LanParty, variando apenas a intensidade da qual elas se aplicam. A DFI vem com essa ideologia a um bom tempo, e tendo agora seu maior reconhecimento, é evidente que tem tudo para crescer e tornar-se uma linha famosa.O mais interessante disso tudo é que tomamos como exemplo a Asus que para placas de baixo custo aposta na Asrock, uma espécie de subsidiária da empresa, diferente disso a DFI aposta em linhas de placas mãe destinadas à mercados distintos, confundindo bem menos a cabeça do consumidor, como já citamos na análise anterior:
Dedica-se a linha LanParty para usuários avançados;
Linha Infinity para usuários de médio porte;
E a linha geral, na qual temos as mais diversas placas para o uso normal.

Todas elas agregadas na mesma ideologia da marca DFI. Eu particularmente gosto da linha LanParty pela alta capacidade de overclock, além de ser um equipamento requintado e de extrema funcionalidade, não esquecendo também do grande impacto causado por seus efeitos quanto sob luz Ultra Violeta. Assim como a PRO875B, a placa “brilha” no escuro, com PCB preto e detalhes verdes, inclusive as IDEs, estas e outras curiosidades você irá conferir ao desenrolar da análise.

A DFI LanParty NFII UltraB é essencialmente a mesma placa que a Infinity com chipset NFII Ultra 400. Suas diferenças ficam limitadas apenas aos requintes a mais, como acessórios, slots reagentes a luz UV(ultra violeta), uma caixa grande e de grande impacto visual, a placa em si é a mesma, inclusive funções para configuração.

Agora que você está um pouco a par do que é essa placa e da onde ela veio, iremos mostrar por partes o que é essa placa e o que ela faz.

:. Especificações - DFI NFII ULTRA B

- NVIDIA nForce2 Ultra 400 Chipset
- 400/333/266/200 MHz FSB
- Dual Channel DDR400/333/266
- Dual LANs--Realtek 8110S & ICS 1893Y PHY
- IEEE 1394 FireWire
- Genie BIOS
- CMOS Reloaded

Acessorios da linha LanParty
- UV Sensitive
- FrontX Device
- PC Transpo
- BIOS Live Update
- EZ-On/ EZ-Touch

Para uma maiores informações sobre as especificações da placa, por favor clique aqui

Um detalhe interessantíssimo para quem gosta de qualidade é que a placa tem o sistema SoundStorm, considerado o melhor som OnBoard. Esse som é tão eficiente quanto uma SoundBlaster Live offboard.

:. Caixa e acessórios

A caixa da DFI LanParty NFII Ultra B é grande em virtude de seus diversos acessórios, ela tem 39cm de altura, 36cm de largura e 12cm de espessura.

Aqui você nota o conteúdo da caixa e a organização de suas “subcaixas”, que trazem diversos acessórios interessantes. Dentro da caixa da placa mãe encontram-se cinco caixas de acessórios

MotherBoard

Traz a placa mãe e seus drivers, e um programa associado à marca. Essa caixa é onde muitas placas mãe por aí vem, sozinhas. Nota-se aí primeira diferença entre as NFII Ultra 400 de diversas marcas e a da linha LanParty da DFI.

PCtranspo

O PCtranspo é um utilitário muito interessante que faz jus ao nome da linha (Lan Party). Ele facilita o transporte do PC e seus periféricos para cima e para baixo com a maior facilidade, podendo ser levado pela alça ou então colocado nas costas, como diz o slogan “IT’s PARTY TIME”.

Acessory kit

No kit de acessórios encontramos os utilitários e entradas necessárias para uma conexão SATA de um disco rígido, e também o painel de conexões para montagem no gabinete.

Rounded Cables

Os Rounded Cables que a DFI LanParty NFII Ultra B trazem junto são de excelente qualidade e reagentes a luz Ultra Violeta. Sua cor de propriedade reagente é verde, para combinar com os detalhes da placa mãe (verdes reagentes à luz UV). Eles são Rounded Cables flexíveis para auxiliar na montagem cômoda de um computador, ocupando pouco espaço e com resistência o bastante para deixar qualquer usuário tranqüilo a respeito da fragilidade. Além de dar um excelente visual ao computador por sua propriedade reagente, facilita e muito a circulação de ar dentro do gabinete, e sua resistência se deve a fibras metálicas encontradas no revestimento da IDE propriamente dita.

FrontX

O FrontX é uma ótima iniciativa da DFI: é um painel de controle, digamos assim, onde você pode ligar o sistema de led diagnósticos da placa (veja logo abaixo), e ligar som, USB e diversos periféricos numa baia 5.25.

Esses são os motivos da caixa da DFI ser são robusta. Ela é grande o bastante para trazer todos esses acessórios dentro de si. Pagar por uma placa e levar todos esses acessórios e facilidades de acesso é extremamente agradável.

:. Engenharia geral

Em nossa análise anterior sobre a placa da mesma linha só que dedicada para plataforma Intel ( DFI LanParty PRO875B) analisamos detalhadamente a engenharia da placa, pois para o mercado a que a DFI LanParty dedica-se é fundamental a placa oferecer uma engenharia adequada, facilitando a instalação de periféricos, acessórios ou modificações gerais para uma melhor aparência do PC, o chamado CaseMod (que você pode conferir um aqui ). ). Tal virtude, a engenharia da placa, deverá ser analisada na DFI NFII Ultra B também:

Vista geral da NFII UltraB. A placa conta com ótimas entradas estratégicas. O primeiro fato que nos chama a atenção é que a placa consta com um dissipador no South Bridge (ponte sul do chipset NFII Ultra 400). Um recurso a mais da DFI, pois ela é a única placa mãe para AMD AthlonXP que conta com tal dissipador, facilitando assim a prática do overclock em freqüências mais altas, onde a dissipador do calor gerado pelo South Bridge é fundamental para uma estabilidade do sistema. Ponte por ponte, constatamos também que o dissipador do North Bridge (ponte norte) é o dissipador passivo de melhor eficiência nativa que eu já vi em placas para AMD. Ela é grande o bastante para dissipar uma grande quantidade de calor relativo ao North Bridge. Muitos usuários que praticam overclock são obrigados a trocar o dissipador da ponte norte, pois o nativo normalmente não é o suficiente para manter o sistema estável em altas freqüências de FSB, afinal, na ponte norte é aonde se encontra a essência dos controladores do overclock.

Com tais características à primeira instância percebe-se que a placa não veio para brincadeira. Você verá mais adiante as belas opções do setup que a placa nos oferece: é de deixar qualquer overclocker, gamer, entusiasta ou admirador de água na boca.

Aqui observamos com maior eficiência a parte sul da placa, onde se encontra alguns controladores como você pode ver o do SATA RAID, o dissipador da ponte sul e também a bateria CMOS com seu jumper azul (mais acima) CCMOS.

Como de costume, a linha LanParty traz os dois botões Power e Reset integrados na placa mãe, para poder fazer testes sem ter que montar a placa no gabinete. Muito eficiente essa medida adotada pela DFI, que mostra sua preocupação com todos os usuários. Você pode observar esses dois botões no lado esquerdo da foto, logo acima das entradas das funções para o gabinete.

Você observa aqui as principais entradas “poluidoras” do ar do gabinete. Um mal posicionamento dessas entradas pode gerar muito calor dentro de um PC. Visando isso e o visual limpo a DFI fez uma organização de primeira, bem como na PRO875B, e agregou novamente junto a memória, as entradas para ATX , IDEs e CPUFan. O única entrada que pode prejudicar um pouco é a 12v, que localiza-se próximo ao slot AGP. Esse fio do 12v pode sim causar certo desconforto para quem faz CaseMod, caso na montagem você passa o fio diretamente por onde vem o ATX principal, mas se você organizá-los por trás do cooler, ou seja, próximo as saídas de mouse, impressora e etc, estará fazendo o que a DFI planejou na colocação dessa entrada nessa posição aparentemente errônea.

Diferentemente da LPPRO875B, a NFIIUltraB conta com um maior espaço dentre o slot AGP e o North Bridge, facilitando a instalação de melhores sistemas de refrigeração para a sua placa de vídeo.

No detalhe, posição da ponte norte em relação a entrada 12V, ATX e ao slot AGP.

Como fizemos na análise anterior, para você conseguir ter uma maior noção do tamanho dos dissipadores, tiramos fotos com base nas entradas da placa. Além de você verificar as entradas estará também julgando por si o tamanho do dissipador mais importante da placa mãe - o dissipador da ponte norte - confira que ele é ligeiramente maior do que duas entradas USB mais uma entrada LAN juntas!

Outro detalhe interessante, é que diferentemente da Abit NF7-S, onde o cooler Zalman 7000CU não cabe perfeitamente, na DFI LanParty NFII UltraB o cooler é instalado sem a menor dificuldade e com uma posição do CPU Fan eficaz no ponto de vista da circulação de ar.

:. BIOS

A configuração da BIOS é essencial para o bom funcionamento da máquina, além do mais o SETUP da NFII Ultra B é o mais interessante que já configurei, contando com inúmeras opções para inúmeras utilidades. Algumas dela até mesmo quebrando conhecidos bugs do chipset NFII Ultra 400, como é o caso da opção CPC (Clock Per Clock) que permite a quebra do bug de quando utilizado dois pentes de 512MB em dual channel (totalizando 1024MB) o sistema fica completamente incapacitado com relação a overclock, ou seja, FSB superior a 400, no caso do NFII UltraB. Estas e outras curiosidades, você pode conferir nas fotos abaixo:

O Setup da NFII Ultra B, como já disse, é o mais eficaz que já vi para a plataforma AMD, resultado da excelente engenharia da placa.

O FSB da placa é liberado até os 300 de FSB, coisa parecida com FSB utilizado nos Intel Inside, e o que é melhor é que a placa realmente oferece a opção de overclock altíssima, sua voltagem de Vdimm é liberada até os 3.3v, o que deixa o overclock com chipset Winbond bh5/6 um ato prazeroso.

O divisor de FSB tem as principais opção necessárias hoje: 2:1, 5:3, 3:2, 4:3, 5:4. 6:5 e 1:1 ( mais aconselhado para AMD).

A voltagem do chipset é permitido até 1.9v!!! O que nos permite um overclock de FSB simplesmente fantástico, como você poderá conferir ao longo dos testes. A VCore, ou alimentação da CPU é permitida até 2.00v, o ideal para qualquer overclocker que utilize até mesmo sistemas mais pesados de refrigeração. Outro fato interessante é que o mínimo de Vcore que a placa oferece é 1.10, que permite um downclock em momentos em que você deseja o silêncio e poucos Mhz trabalhando.

Resumindo, esse setup é o setup mais perfeito que eu já vi até agora para uma placa mãe, preciso dizer mais alguma coisa? As imagens dizem por si só.

:. CMOS Reloaded

A opção CMOS reloaded é um extra a mais da linha DFI, é um recurso interessante para todos os usuários, seja ele overclocker, gamer, entusiasta ou conservativo. Essa é uma opção que permite ao usuário gravar suas configurações personalizadas e carregá-las depois, muito eficiente quando você quer ter um PC hora configurado para Overclock, hora para trabalho e às vezes com tudo baixo para baixar arquivos na Internet, onde não é necessária muita potência. Isso facilita e muito, pois guardar na cabeça todas as suas configurações para BIOS para diversos momentos é um fato um tanto quanto heróico. Mais uma vez o projeto da DFI facilita a vida de quem usa PC, inclusive a minha que para os testes tenho que setar diferentes combinações de configuração todo tempo.

Sistema de teste

Placa mãe DFI LanParty NFIIUltraB
Processador AthlonXP-M 2500+
Placa de vídeo ATi Radeon 9800PRO
Memória 2x512MB Mushkin 4000
Disco rígido 40GB 7.200.7Rpm Seagate
Fonte Thermaltake 480W active PFC

O sistema foi configurado em overclock e “normal” também, para que se verifique a diferença entre eles. Utilizamos em apenas 1 dos testes uma Abit NF7-S 2.0 para comparação, porém foi inviável comparar em todos os testes pois a Abit não chegou até aonde a DFI chegou, falando sobre overclock.

:. SiSandra 2004

Como os resultados em 2.5Ghz reais, seja com duzentos e cinqüenta ou duzentos de FSB são iguais o aumento de performance de 2.0Ghz para 2.5Ghz foi de 20%, um ganho muito significativo.

No geral, obtivemos a mesma porcentagem: 20% de aumento de performance.

Aqui temos um clara superioridade do FSB 250, coisa não tão normal para a plataforma AthlonXP, mas que se torna perfeitamente possível para o uso cotidiano para o usuário de uma DFI NFII UltraB.

A DFI NFIIUltraB em overclock de duzentos e cinqüenta de FSB com multiplicador dez, ficou 25% superior a Abit NF7-S 2.0 com FSB duzentos e multiplicador dez.

:. AquaMark3

No AquaMark3, aplicativo semelhante ao 3dmark, verificamos no quesito CPU que envolve a banda de memória uma performance muito melhor do Front Side Bus duzentos e cinqüenta.

Trabalhando sobre a CPU, a diferença entre o maior e o menor overclock foi de 23%.

No resultado final, calculado baseado em Frames per second, temos as seguintes marcas:

FSB 250x10 FSB 200x12,5 FSB 200x10
4 2 . 3 0 2 4 2 . 3 0 1 3 8 . 3 2 5


:. SuperPi

A configuração configurada para 250 de FSB se saiu 2 segundos por conta dos 50Mhz de FSB a mais, a diferença entre a melhor e a “pior” configuração foi de 10 segundos!

:. PCMark2002



:. 3dMark2001SE

A diferença na pontuação do 3dmark2001SE dentre o menor Mhz e FSB e o maior foi de 13%.

:. Conclusão

Uma placa excepcional é a única palavra que podemos usar para descrever essa DFI, primeiro por que ela é realmente uma placa com opções sem iguais e possibilidades incríveis, além de acessórios e estabilidade muito satisfatória. A grande diferença dentre a DFI LanParty PRO875B e a DFI NFII UltraB, falando na língua do mercado, é que a DFI LP PRO875B tem concorrentes tão boas quanto ela, como a ABIT IC7-MAX3, ou então a Asus P4C-800, então a PRO875B permanece a melhor opção por sua facilidade e extras a mais que as ditas acima. Agora, na plataforma AMD, a NFII UltraB simplesmente não tem concorrente. Além da placa fazer muito, mas muito mais do que suas concorrentes quando falamos de overclock, ela vem com todos os “extras” que fazem a PRO875B na Intel a melhor opção. Como se não bastasse, o CMOS reloaded vem acompanhado do ótimo chip de som SoundStorm, ou seja, você ganha uma Sound Blaster Live de graça quando compra a placa. A Abit NF7-S 2.0 também tem esse sistema de som, porém a placa em si não é tão boa quanto a NFII Ultra B, que é uma placa sem concorrentes no momento e acho que nem irá ter, já que a plataforma 32bits estará em breve começando a dar lugar para plataformas 64bits. Pelo menos é assim que planeja a AMD, e essa situação não empolga as fabricantes a fabricarem novos modelos para linha 32bits. Nessas circunstâncias podemos certamente afirmar que a DFI NFII Ultra B é a melhor placa mãe para AMD 32 bits.

Peculiaridades e dicas sobre essa placa são importantes de dizer aqui. Como essa placa não é um padrão como as placas “normais” e sim uma placa diferenciada, o sistema exige diferenciadas configurações.

Obtivemos dificuldade a princípio para realizar o overclock com FSB alto utilizando o Nvidia driver 2.45 ( que acompanha a placa mãe), e depois de muitos testes verificamos que contrariamente a regra do sistema limpo e bem configurado, o sistema obteve a estabilidade quando instalamos o 2.45 e substituímos o driver IDE do driver pela IDE que vem no Nvidia driver 4.24, e qualquer outra combinação dentre os dois Nvidia drivers resultará em instabilidade a longo prazo.

Depois destas dicas fica fácil para qualquer um obter 250 de FSB (500DDR) com essa placa, que é simplesmente uma monstrinha para overclock. Se você se empenhar-se certamente conseguirá melhores resultados, como nós conseguimos, porém isso irá exigir maiores voltagens.




Copyright 2003 Carlos E. Morimoto, http://www.guiadohardware.net - Todos os direitos reservados