Guia do Hardware.Net
Impresso em: 22/3/2003, 18:09:41
Impresso de: http://www.guiadohardware.net/analises/ecs-k7s5a/02.asp

Análises :. ECS K7S5A

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Kurumin Linux
   :. Manual
    :. Forum
   :. Download

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Comente esta
   Matéria


Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
- Entendendo e Dominando o Linux 6ed.
- Manual de Hardware Completo 3ed.
- Redes 3ed
- Upgrade e Manutenção
- Novas tecnologias 3ed.
- Dicionário Técnico de Informática
Todos os e-books por R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Debian 3.0 R$ 35,00
Knoppix 3.2 R$ 8,00
Slackware 9.0 R$ 8,00
Red Hat 8 R$ 16,00
DemoLinux R$ 8,00
Peanut R$ 8,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Definity R$ 8,00
E outras distribuições

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: 13.02.2002
Tipo: Placas Mãe
Fabricante: Elitegroup
Por:

 

 Placa Mãe Elitegroup ECS K7S5A

:. Montagem e funcionamento

A placa possui 9 furos para fixação, permitindo que ela fique bem presa ao gabinete. Para os testes, usamos um processador AMD Duron 750MHz com um cooler CoolerMaster EP5-6I11, o que nos proporcionou bom nível de temperatura (média de 42º e máxima de 50º), 1 módulo de memória 256Mb PC133 CAS2 NEC, placa de vídeo SiS 6326 PCI, HD Quantum Fireball LCT20 de 20Gb.

Ao ligar o equipamento, fomos primeiramente às configurações da BIOS. Sem maiores novidades: o clock do processador é configurado pelo SETUP, sem necessidade de alterar jumpers. A placa oferece várias opções de boot (IDE 0~3, Floppy, Zip, CD-ROM, SCSI, Network, BBS 0~3, USB FDD, CD-ROM, HDD, LS120 e ZIP). As opções oferecidas pela BIOS em geral são bastante satisfatórias.

Durante o POST, é possível, sem entrar no SETUP, escolher o dispositivo de boot (Floppy/IDE/CD-ROM/LAN).

Após devidamente configurada, passamos à instalação do sistema operacional (Windows 98 SE), que levou 28 minutos. Instalados os drivers adequados (chipset/som/rede/vídeo), o sistema comportou-se muito bem: boot rápido, ótimo desempenho, e aparentemente uma boa estabilidade. Para uma melhor apuração, instalamos o SiSoft Sandra (http://www.sisoftware.co.uk/sandra) e rodamos o burn-in por mais de 4 horas: nenhum travamento. Em uma segunda análise, o burn-in foi executado continuadamente por 24 horas, com o mesmo resultado: nenhuma tela azul, nada de superaquecimento, nem instabilidades.

Na parte de benchmarks, resultados excelentes: 2029 MIPS e 984MFLOPS, e um PR (Performance Rating) de 994. O mesmo processador havia apresentado resultados inferiores em uma Soyo K7VTA-B com configuração semelhante - uma prova de que o chipset SiS 735 realmente parece cumprir o que promete (para espanto de muitos, a Silicon Integrated Systems - SiS - está merecendo uma posição de destaque no mercado de informática, diferentemente de seu histórico).

Quanto ao overclock, também bons resultados: foi possível levar o Duron 750Mhz a 980MHz sem problemas com estabilidade ou superaquecimento. Acima disso, o Windows passou a apresentar telas azuis. Em todo caso, vale lembrar que overclock não é uma prática recomendada, principalmente para iniciantes.

Conseguimos posteriormente fazer testes usando memórias DDR Micron. O aumento de desempenho foi perceptível, cerca de 18% segundo o Sisoft Sandra 2001.


:. Problemas e contras

A placa apresentava alguns problemas (bugs) de BIOS, que até o momento foram resolvidos em grande parte pela fabricante. Entre eles, o “desaparecimento” da opção “Suspender” no Windows XP, som com chiados quando utilizada placa SoundBlaster Live/512/Ensoniq, agravante com alguns drives CD-RW (ao instalar o Nero ou CloneCD, as unidades de CD desapareciam - atenção para este fato; há um problema semelhante relacionado ao Windows XP e não à placa-mãe). A versão atual da BIOS (011215) corrige estes (e outros) bugs.

Uma pequena dificuldade pode ser encontrada ao tentar ligar o Power LED do gabinete à placa. Os plugs de Power LED de alguns gabinetes apresentam 3 conectores, ao passo que a ECS K7S5A apresenta apenas 2 - é preciso alterar o plugue do gabinete neste caso, bastando mudar a posição dos fios de modo que o encaixe se concretize.


Detalhe dos conectores do gabinete


A maior limitação fica por conta dos 2 bancos de memória disponíveis (2 SDR e 2 DDR), não sendo possível trabalhar com ambos ao mesmo tempo. A capacidade máxima de memória suportada é de 1Gb, ou seja, 512Mb por módulo. Mesmo assim, isto não afeta o usuário convencional, e é compensado pela flexibilidade de se poder trabalhar com os dois padrões de memórias mais difundidos no mercado.


:. Conclusão

A ECS K7S5A faz juz à sua fama de placa boa e barata. Em nossos testes, não decepcionou, sendo aprovada e recomendada para quem não precisa de um micro “top: yes">  de linha”. Os dispositivos onboard (som e rede), ao contrário da maior parte das motherboards, não comprometem excessivamente a CPU, sendo possível fazer uso dos mesmos sem maiores problemas.

Leva nosso selo de aprovação.


:. Dicas de última hora!!
por Cold Fusion

1) A K7S5A é muito exigente no quesito fonte, sendo que tem-se observado travamentos e reinicializações esporádicas com máquinas com muitos dispositivos instalados e se utilizando fontes de 300W. Recomendo o uso de fontes de 350W ou mais!

2) Como o chipset SIS735 é de peça única, este esquenta muito chegando a causar travamentos em programas que exigem muito do sistema (principalmente quando se usa Athlons, que utilizam o FSB em 133Mhz)

A dica é: Retire com firmeza e cuidado o dissipador (o dourado com o logo da ECS), remova a fita térmica colante original que tem uma péssima condutividade térmica, e passe pasta térmica em todo o chip, deixando dois cantos limpos e aplique nestes superbonder pra fixar.

3) Se estiver comprando um PC novo, prefira pagar um pouco mais para usar memorias DDR, pois a K7S5A tem uma performance bem superior com elas.

4): yes">  Esta dica vale para todas as placas-mãe, não só as K7S5A:

NÃO ATUALIZE O BIOS SEM MOTIVOS!!!

Esta é a dica mais importante, só atualize o BIOS se tiver problemas que não tem conseguido solucionar de forma alguma. Atualizar para se ter um ganho de performance também é válido, mas lembre que é a operação de maior risco (principalmente para o seu bolso! :0)). Se foi foi feita a atualização não se esqueça de limpar o CMOS pelo Jumper (isto é importante!).

Todas as dicas acima não tiram o brilho desta placa, que continua sendo aprovada e recomendada como o melhor custo/benefício sem dúvida!!

Para os mais sedentos por informações sobre esta placa, recomendo o fórum do OC Workbench (http://forum.ocworkbench.com/ocwbcgi/ultimatebb.cgi?ubb=forum&f=4), que contém informações bastante completas da board.

 

Abraços e até a próxima!

Kleber Credidio ()
Alexandre Gonçalves ()

Nossos agradecimentos ao colega Cold Fusion pela indicação do fórum acima, de grande ajuda para a realização desta análise.

 

« Voltar .: | :. Home »


 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Guia do Hardware.Net
http://www.guiadohardware.net/