:. Existe um Windows Ideal?!

 Por Carlos E. Morimoto
 http://www.guiadohardware.net
 Novembro de 2000


" Prezado Morimoto,
E o fato de muita gente comentar que o 2000 para jogos é uma negação? Você poderia informar quais os tipos de jogos que ele não roda? Parece que ficamos naquela de "se correr o bicho pega e se ficar o bicho come". Será que um dia não teremos um Windows que atenda de forma abrangente a todas as necessidades e gostos? "


O que tornava o Windows NT, antecessor do 2000 incompatível com os jogos, era a ausência de uma versão do Direct X para ele. Eu cheguei a ver algumas versões "alternativas" que permitiam rodar alguns jogos, mas sempre com várias limitações.

No caso do Windows 2000 esse problema foi resolvido, pois ele já vem com o DirectX 7. O que fica faltando é apenas o driver adequado para a sua placa de vídeo, esse é o maior problema. Algumas placas 3D ainda não tem drivers para Windows 2000 e em outros casos, existem drivers, mas ainda estão num estágio menos avançado de desenvolvimento.

Apesar de não ser exatamente a sua praia, o Windows 2000 já é capaz de rodar a maioria dos jogos, mas quase sempre o desempenho fica abaixo do conseguido no Windows 98, justamente devido aos drivers de vídeo e algumas limitações do próprio DirectX.

Mas, como eu venho recomendando em outras dicas, existe a opção de deixar o Windows 98 e o Windows 2000 em dual boot, assim você pode usar o Win 98 para ter total compatibilidade e desempenho nos jogos e o Windows 2000 para aplicações mais sérias. Você poderá escolher qual quer usar toda vez que inicializar o micro.

Para isso, basta instalar primeiro o 98 e em seguida, apartir do Win 98 mesmo, abrir o programa de instalação do 2000. Responda "não" quando perguntado se deseja atualizar sua versão do Windows. Você pode tanto instalar o 2000 na mesma partição do Windows 98, quanto numa partição separada, vai do seu gosto.

O único inconveniente é gastar um pouco mais de espaço no HD. Um Windows não interfere com o outro, você pode até mesmo deletar o diretório de um, que o outro continuará funcionando.