Guia do Hardware.Net
Impresso em: 20/1/2003, 03:31:12
Impresso de: http://www.guiadohardware.net/artigos/10-l1xl2.asp

Artigos :. L1 x L2

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux 4.Ed
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Comente esta
   Matéria

Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
Manual de Hardware Completo 3ed.
Redes 3ed
Upgrade e Manutenção
Novas tecnologias 3Ed
Entendendo e Dominando o Linux
Dicionário Técnico de Informática. R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Slackware 8.1 R$ 8,00
Red Hat 8.0 R$ 16,00
DemoLinux 3.0 R$ 8,00
Knoppix R$ 8,00
Peanut 9.1 R$ 8,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Debian 3.0 R$ 35,00
Definity R$ 8,00
E outras distribuições

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: Maio de 2000
Tipo: Memórias (Cache)
Fabricante: Não se Aplica
Por: Carlos E. Morimoto

 

 Cache L1 x Cache L2

Enquanto o cache L2 fazia parte da placa mãe, na época dos processadores soquete 7, era muito fácil entender por que o cache L2 era mais lento que o cache L1, pois afinal, ele trabalhava a apenas 66 ou 100 MHz a freqüência da placa mãe, enquanto o cache L1 trabalhava na mesma freqüência do processador.

Mas, depois que começaram a surgir os processadores com cache L2 full-speed, como o Pentium III Coppermine e o Celeron, onde o cache L2 também trabalha na mesma freqüência do processador, muita gente começou a se perguntar qual então seria a diferença entre os dois caches. Se afinal os dois trabalham na mesma freqüência do processador, por que ainda existe a distinção entre cache L1 e cache L2?

A resposta é que apesar de ambos trabalharem na mesma freqüência do processador, o cache L1 continua sendo mais rápido por dois fatores:

O primeiro é que o barramento de comunicação do núcleo do processador é de 512 bits, tanto no Pentium III quanto no Celeron, enquanto o barramento de comunicação com o cache L2 é de apenas 64 bits no Celeron e 256 bits no Pentium III Coppermine.

O segundo é que o cache L2 está fisicamente mais distante do núcleo do processador que o cache L1, o que aumenta os tempos de latência, e reduz a velocidade dos acessos.

Para ter uma idéia da grande diferença que isto representa, no Pentium III Coppermine o cache L1 tem um tempo de latência de 2 ciclos do processador, enquanto o cache L2 possui um tempo de latência de 7 ciclos. O cache L2 simplesmente demora 3,5 vezes mais tempo para entregar os dados requisitados.


 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Guia do Hardware.Net
http://www.guiadohardware.net/