:. Indique este site a um amigo
Responsável:
:. Novo na área? Leia: Hardware, Redes e Linux para iniciantes


Seções Artigos


HOME
    :.  Artigos
    :.  Tutoriais
    :.  Dicas Linux
    :.  FAQ

Livros
    :.  Entendendo e Dominando o Linux
    :.  Kurumin: Desvendando seus segredos
    :.  Dicionario de termos técnicos

    :.  Notícias
    :.  Overclock
    :.  Análises

Publicações
    :.  cd GDH
    :.  cds Mandrake
    :.  cds do Linux
    :.  E-Books
    :.  Cursos Presenciais

Kurumin Linux
    :.  Manual
    :.  FAQ
    :.  Dicas
    :.  Change-log
    :.  Forum
    :.  Download

Outros
    :.  Fórum
    :.  Humor
    :.  Palm
    :.  Quiz
    :.  Cursos online
        :.  Hardware
        :.  Redes
        :.  Gravação de cds
        :.  Notebooks
        :.  Setup


Pesquisar no site:

Siweb

Invista em
conhecimento:
:.cd-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.2 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 cds por R$ 26,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
- Dicionário Técnico de Informática 3ed.
- Entendendo e Dominando o Linux 6ed.
- Manual de Hardware Completo 3ed.
- Redes 3ed
- Upgrade e Manutenção
- Novas tecnologias 3ed.
Todos os e-books por
R$ 8,00

Download livre, pegue só depois de baixar.

:. cds do Linux:
Kurumin+Kokar R$ 15,00
Debian 3.0 rc02 R$ 40,00
Knoppix3.3 R$ 10,00
Slackware 9.1 R$ 14,00
Red Hat 9 R$ 20,00
DemoLinux R$ 10,00
Peanut R$ 10,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 20,00
Libranet R$ 10,00
Definity R$ 10,00
E outras distribuições

 


:. Jogos para Linux, parte 2: Unreal 2003, Quake 3, America's Army e outros.

 Por Carlos E. Morimoto
 http://www.guiadohardware.net
 23/05/2002


Este artigo é uma continuação do que tinha publicado dia 12/05 sobre jogos open source disponíveis no Linux. Desta vez vamos falar um pouco sobre os games comerciais disponíveis, como os títulos da ID, Unreal 2003 e o America's Army.

Existem muitos outros exemplos, mas vou me concentrar nos games mais populares.


:. Quake 3 Arena


Para rodar o Quake III Arena você precisa apenas baixar o instalador para Linux no link:

ftp://ftp.idsoftware.com/idstuff/quake3/linux/

Enquanto escrevo a versão mais recente é o: linuxq3apoint-1.32b.x86.run

Para instala-lo você precisa apenas marcar a permissão de execução nas propriedades do arquivo e em seguida executá-lo. Via terminal os comandos seriam:

chmod +x linuxq3apoint-1.32b.x86.run
./linuxq3apoint-1.32b.x86.run

O "./linuxq3apoint-1.32b.x86.run" que realmente instala o programa deve ser dado como root. O instalador é gráfico, basta ir clicando:

Depois de instalado, basta dar o comando "q3demo" para jogar. O game fica disponível para todos os usuários cadastrados no sistema, salvando as configurações de cada um em diretórios separados. Isso é bem útil em lan houses por exemplo, onde cada jogador pode ter sua conta de usuário com suas configurações, personagens e save-games separados.

Dependendo da distribuição que você estiver utilizando, ele criará também uma entrada nos menus do KDE e do Gnome em Iniciar > Jogos. Se a entrada não for criada, é só criar um atalho no desktop para o comando "quake3".

O Quake 3 se instalará por default na pasta /usr/local/games/quake3. Em seguida você deve copiar todos os arquivos que estão na pasta Quake3/baseq3 do CD para a pasta baseq3 dentro deste diretório de instalação.

Basta arrastar pelo gerenciador de arquivos. Mesmo assim, se você preferir fazer pelo terminal o comando e:

# cp /mnt/cdrom/Quake3/baseq3/* /usr/local/games/quake3/baseq3/

Os arquivos consomem cerca de 400 MB de espaço em disco, mas em compensação no Linux você não precisa manter o CD na bandeja para jogar, apenas fornecer o serial na primeira vez que abrir o game.

No mesmo link você encontrará também os instaladores para o Quake 1 e Quake 2, onde o procedimento de instalação é basicamente o mesmo.

Por sinal, o Quake I e Quake II foram disponibilizados sob a licença GNU, mas apenas a engine dos jogos. Você ainda precisará dos CDs originais para poder jogá-los no Linux, pois os CDs contém os mapas, sons, imagens, etc. Apesar disso, o código já permitiu o desenvolvimento de vários games open source, que utilizam a engine do Quake e um trabalho de arte próprio sobre ela, como no caso do Transfusion.

Outros jogos da ID também foram portados, como a série DOOM e o Return to Castle Wolfenstein, cujo executável, juntamente com o Demo pode ser baixado em: ftp://ftp.idsoftware.com/idstuff/wolf/linux/

Um detalhe importante é que a ID passou recentemente a desenvolver seus jogos dentro do Linux e depois portá-los para Windows. Além de ser uma garantia de que os futuros lançamentos da ID também rodarão no Linux, isto significa que Demos dos jogos estão sendo em muitos casos disponibilizados primeiro em versão Linux e só depois em versão Windows.

Utilizando uma placa da nVidia você obterá um desempenho semelhante ao do Windows nos jogos portados, com pequenas diferenças para mais ou para menos de acordo com a versão dos drivers usados e diferenças nos recursos usados por cada título.

Outra que vinha fazendo um excelente trabalho era a Loki Games, que já havia portado vários excelentes jogos, entre eles o Civilization: Call To Power, Myth II: Soulblighter, Railroad Tycoon II, Heretic II e Heroes of Might and Magic III. Infelizmente a Loki fechou, mas os jogos já lançados ainda podem ser adquiridos.

A Loki também foi responsável pelo porte do Unreal Tournament da Epic. Se você tem o CD original, basta baixar o instalador for Linux aqui:

http://www.lokigames.com/products/ut/updates.php3

A história da Loki trouxe um alerta de que apesar da maior parte do desenvolvimento do Linux ser feito através de trabalho voluntário de membros da comunidade, as empresas também podem realizar trabalhos extremamente importantes e bem feitos. Porém, empresas também precisam de recursos, que vêm da venda de seus produtos.


:. Unreal Tournament 2003


O trabalho da Loki possibilitou o porte também do Unreal 2003, que tem tudo para se tornar um dos sucessores do Counter Strike entre os fãs de games de primeira pessoa online.

Os gráficos são muito melhores que os do Counter e do Quake 3, seria covardia fazer qualquer comparação neste sentido. A movimentação e armas também são muito boas. Mas tudo isso tem um preço: o game é muito pesado e por isso roda apenas em placas nVidia GeForce e ATI Radeon da 8500 em diante, usando os drivers dos fabricantes.

Você não conseguirá rodar usando uma TnT2 ou uma ATI FireGL por exemplo, nem usando uma placa da SiS, mas na minha opinião isso não chega a ser uma limitação muito grande neste caso, pois estas placas não possuem desempenho suficiente para rodar o game de qualquer forma.

Uma GeForce 4 MX SDR já tem problemas para manter um bom frame-rate a 1024x768, você precisa usar 16 bits de cor e diminuir a qualidade das texturas para conseguir manter a qualidade da movimentação. O que seria então de uma Intel 752, de uma Trident Blade ou mesmo de uma Riva TnT2?

As GeForce 4 MX SDR estão bem baratas hoje em dia, paguei US$ 50 na minha em Abril de 2003, bem mais barato que uma licença do Windows ... :-)

Assim como no caso dos jogos da ID, desempenho no Linux e Windows é muito semelhante. Você pode baixar o Demo no:

http://www.unrealtournament2003.com/?downloads

A instalação é idêntica à do Quake 3, basta executar o arquivo como root. Ele também cria entradas nos menus do KDE e Gnome, mas não em todas as distribuições.

Caso a entrada no iniciar não seja criada, você pode chamar o game chamando o comando "ut2003_demo" dentro da pasta onde ele foi instalado. Por padrão a instalação é feita na pasta /usr/games/ut2003_demo/

Para facilitar, crie um atalho para ele na área de trabalho. No KDE basta clicar com o botão direito e acessar a opção Criar Novo > Link para Aplicativo:

Se você gostar do Demo, pode comprar a versão completa do game vendida nas lojas. A caixa e o manual não citam a palavra "Linux" nem uma única vez, você encontrará apenas um folheto explicando brevemente como instala-lo no Linux. Segundo a Epic, o desenvolvimento do instalador for Linux atrasou e por isso acabou sendo incluído de última hora apenas nos CDs, quando as caixas e manuais já tinham sido impressas.

Mas, de qualquer forma, o que interessa é que a versão completa também roda no Linux. O instalador está incluído no terceiro CD do game, não é preciso baixar o instalador separadamente como no Quake.

Basta colocar o CD 3 na bandeja e chamar o programa "linux_installer.sh" que está dentro. Será aberto o instalador gráfico que irá pedir copiar todos os arquivos necessários para o HD.

Durante a instalação ele pedirá o CD 1, CD 2 e depois novamente o CD 3, fazendo uma instalação completa que consumirá aproximamente 2 GB de espaço no HD. A vantagem neste caso é que depois de fornecer o serial você não precisará mais dos CDs para jogar, assim como no Quake 3.

Uma dica importante é que o instalador deve ser chamado como root e nunca de dentro da pasta do CD-ROM, caso contrário você não conseguirá ejetar o CD-ROM durante a instalação. Chame o instalador fornecendo o caminho completo até ele:

/mnt/cdrom/./linux_installer.sh


A Gentoo desenvolveu também um CD bootável, que inclui uma versão compacta do Linux e o Demo do Unreal, já com drivers para placas GeForce e SB Live!. O ISO do CD pode ser baixado no: http://www.gentoo.org/news/20020916-ut2k3.xml

Basta gravar o ISO num CD como de praxe e dar boot. A detecção do hardware é feita automaticamente e um assistente pergunta sobre o modelo do mouse e a resolução de tela desejada.


:. America's Army


Depois da boa recepção que o CD bootável com o Demo do UT2003 teve, os desenvolvedores resolveram criar a GentooGames, uma empresa apenas para trabalhar no porte de games para Linux e no desenvolvimento de mais CDs bootáveis com games. A página oficial é a:

http://www.gentoogames.com

Aparentemente eles desejam trabalhar prestando serviços aos fabricantes de games. Pense que um CD bootável é a forma mais prática de rodar games no PC. Se o CD for capaz de funcionar direto, sem fazer perguntas, o sistema torna-se tão prático de usar quanto um video-game, sem aquela maratona habitual para instalar o game no HD.

O primeiro trabalho importante foi o porte do America's Army, aquele jogo de guerra patrocinado pelo exército Americano que está fazendo bastante sucesso graças ao realismo. Como este game é gratuíto, o CD bootável inclui a versão completa e não apenas um demo como no caso do Unreal.

Você pode baixar o ISO completo (500 MB) no:

http://gentoogames.supercomputerinc.com

É só gravar o CD da forma habitual e (se necessário) configurar o setup para dar boot através dele.

O sistema de detecção de Hardware foi bastante aprimorado em relação ao Demo do UT2003, agora ele detecta todo o hardware sozinho, sem falar perguntas. O sistema de autodetecção foi provavelmente baseado no do Knoppix, talvez com algumas melhorias:

Assim como no Unreal 2003, são suportadas apenas placas nVidia GeForce e ATI Radeon 8500 em diante. O CD já vem com os drivers necessários e detecta a placa de vídeo automaticamente. Caso você esteja usando uma placa de vídeo onboard ou outro modelo não suportado, o CD até roda, mas vai travar na hora que você tentar abrir o game.

Placas de som suportadas pelo Linux, além de placas de rede, mouses e placas SCSI são automaticamente detectados. Como o CD se destina apenas a rodar o game, não há necessidade de suportar impressoras, scanners, etc. o que facilita as coisas.

Depois do boot você cairá num ambiente gráfico baseado no FluxBox, um uma tela de abertura do game:

Se você tiver algum servidor DHCP disponível, a rede será configurada automaticamente, caso contrário você vai encontrar o utilitário de configuração no menu do sistema. Lembre-se que que estamos no FluxBox, então não existe iniciar, você acessa o menu clicando com o botão direito sobre a área de trabalho :-)

Veja que está disponível também uma opção para ajustar o volume do som e, surpresa, uma versão funcional do Mozilla para pesquisar coisas na internet e registrar seu login (gratuito) para poder jogar online.

Este CD é um achado para Cybercafés, pois permite usar PCs relativamente baratos, sem HD para jogar online e acessar a Internet. O America's Army tem uma qualidade muito melhor que o Counter Strike e é mais realista, sem falar que é gratuíto.

Mesmo que você gaste uns 60 dólares numa GeForce 4 MX, o custo por PC ainda será uns 800 reais mais baixo do que seria ao usar o Counter Strike, já que você economizará com o HD e as licenças do Windows e do Half Life + Counter. A longo prazo a economia será maior, pois como não possuem HD, os micros não precisarão de tanta manutenção.

Mas, voltando ao game, o objetivo é criar uma simulação o mais real possível de um cenário de guerra, usando armamentos, cenários e regras semelhantes à do mundo real e enfatizando bastante o trabalho em equipe.

Antes de poder entrar nas missões de combate, você precisa passar algum tempo nas fases de treinamento, que ensinam o funcionamento básico do jogo, você precisa completar todas antes de por jogar online. Para salvar o progresso é necessário criar um login no site oficial (existe uma função dentro do jogo). Nele existe bastante material disponível, com manuais, estratégias, screenshots, etc.

http://www.americasarmy.com

Como as informações de cada jogador não são gravadas localmente, existem poucos problemas com cheats.

Tirando a patriotada generalizada, previsível já que o game é basicamente uma ferramenta de marketing do Exército Americano, este é um dos melhores games disponíveis pra PC e o fato de poder rodá-lo diretamente a partir de um CD bootável faz com que ganhe mais alguns pontos.

Se você não for nenhum fanático anti-Americano, prepare-se para muitos horas na frente do micro, afinal dessa vez eles é que estão pagando pra nós jogarmos.

Alguns screenshots:


:. Neverwinter Nights


O Neverwinter Nights é um RPG mais ou menos no mesmo estilo do Diablo II, mas com gráficos melhores, um sistema mais complexo de magias, armas e defesas e uma grande possibilidade de customização, que permite a criação de novos personagens, ítens ou até mesmo novos mundos completamente diferentes do original como no caso do StarWars Knights. Pense no Half Life e o Counter Strike.


Os desenvolvedores parecem bastante interessados em desenvolver uma versão Linux do game, assim como já fizeram para o MacOS X. Enquanto escrevo o trabalho ainda está em estágio inicial, mas já é utilizável. O executável for Linux está disponível aqui:

http://nwn.bioware.com/downloads/linuxclient.html

A instalação ainda é um pouco complexa, pois você precisará copiar a pasta com o game já instalado a partir de uma máquina Windows, jogar o executável dentro da pasta e só então poder rodar.

Crie um diretório qualquer ("nwn" por exemplo dentro do seu diretório home.

Copie para dentro dele todas as pastas que ficam dentro do diretório de instalação no Windows. Você pode fazer a transferência via FTP ou gravar um CD-ROM por exemplo.

Baixe o executável for Linux e descompacte o arquivo dentro da pasta.

Rode o comando "./fixinstall" para concluir a instalação e em seguida os comandos "./nwm" ou "./dmclient" para jogar. Você vai precisar de um serial válido para concluir a instalação.





:. Imprima este Texto

Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro de revisão no texto?
Escreva para mim: morimoto em guiadohardware.net



  © 1999 - 2004 :. Todos os direitos reservados :.
Melhor visualizado em qualquer browser. Você escolhe o que usar, não nós :-)
"The box said: Requires MS Windows or better, so I instaled Linux"