:. Indique este site a um amigo
Responsável:
:. Novo na área? Leia: Hardware, Redes e Linux para iniciantes


Seções Artigos


HOME
    :.  Artigos
    :.  Tutoriais
    :.  Dicas Linux
    :.  FAQ

Livros
    :.  Entendendo e Dominando o Linux
    :.  Kurumin: Desvendando seus segredos
    :.  Dicionario de termos técnicos

    :.  Notícias
    :.  Overclock
    :.  Análises

Publicações
    :.  cd GDH
    :.  cds Mandrake
    :.  cds do Linux
    :.  E-Books
    :.  Cursos Presenciais

Kurumin Linux
    :.  Manual
    :.  FAQ
    :.  Dicas
    :.  Change-log
    :.  Forum
    :.  Download

Outros
    :.  Fórum
    :.  Humor
    :.  Palm
    :.  Quiz
    :.  Cursos online
        :.  Hardware
        :.  Redes
        :.  Gravação de cds
        :.  Notebooks
        :.  Setup


Pesquisar no site:

Siweb

Invista em
conhecimento:
:.cd-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.2 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 cds por R$ 26,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
- Dicionário Técnico de Informática 3ed.
- Entendendo e Dominando o Linux 6ed.
- Manual de Hardware Completo 3ed.
- Redes 3ed
- Upgrade e Manutenção
- Novas tecnologias 3ed.
Todos os e-books por
R$ 8,00

Download livre, pegue só depois de baixar.

:. cds do Linux:
Kurumin+Kokar R$ 15,00
Debian 3.0 rc02 R$ 40,00
Knoppix3.3 R$ 10,00
Slackware 9.1 R$ 14,00
Red Hat 9 R$ 20,00
DemoLinux R$ 10,00
Peanut R$ 10,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 20,00
Libranet R$ 10,00
Definity R$ 10,00
E outras distribuições

 


:. Instalando softmodems Conexant no Linux

 Por Carlos E. Morimoto
 http://www.guiadohardware.net
 16/07/2003


Os modems Conexant também são bem suportados, talvez os melhores Linmodems atualmente. Eles podem ser encontrados tanto em versão PCI, quanto onboard em alguns modelos de placas da PC-Chips, ECS e alguns outros fabricantes e também em alguns dos Desknotes da linha E-Budye.

Estes drivers são "semi-abertos", a Conexant disponibilizou um módulo binário, que controla as funções básicas do modem e o restante do driver passou a ser desenvolvido pela comunidade, de modo que a parte open-source é independente da parte proprietária.

A página do projeto é:

http://www.linuxant.com/drivers

Na página estão disponíveis dois drivers diferentes: HCF (controlerless) e HSF (softmodem). Os modems HSF são os "legítimos" softmodems, que servem apenas como uma interface com a linha telefônica, ao contrário dos HCF que ainda fazem a modulação dos dados e outras funções.

Os modems Conexant HSF (softmodem) são de longe os mais comuns, por serem mais simples e baratos. Pra ser sincero nunca vi um HCF à venda em lugar nenhum, por isso não vou aborda-los aqui, já que o processo de instalação é basicamente o mesmo dos HSF.

Na dúvida, você pode descobrir rapidamente o modelo do seu modem rodando o comando "lspci" (como root). Veja o que veio na sexta linha quando rodei no meu micro:

00:05.0 Communication controller: Conexant HSF 56k HSFi Modem (rev 01)

Na página de download você encontrará pacotes RPM prontos para o Mandrake, Red Hat e SuSe. Lembre-se que estes drivers são "amarrados" a uma versão específica do Kernel. Antes de baixar, rode o comando "uname -a" para verificar qual é a versão do Kernel da sua máquina e baixe o arquivo apropriado.

Na minha máquina (Mandrake 9.1) o "uname -a" retorna:

Linux localhost 2.4.21-0.13mdk #1

Então cliquei no link com os drivers para o Mandrake e baixei o arquivo:

hsflinmodem-5.03.27lnxtbeta03042700k2.4.21_0.13mdk-1mdk.i586.rpm

Com o arquivo em mãos, o próximo passo é instalá-lo usando o comando "rpm -i nome_do_arquivo". Ele instalará os módulos necessários. Para concluir a instalação, execute o comando:

# hsfconfig
(como root)

Se você baixou o arquivo correto, já será capaz de conectar normalmente usando o kppp ou outro discador.

Este é o jeito mais fácil, mas cobre apenas as distribuições mais usadas. Se você usa Slackware, Conectiva, Debian, Kurumin, etc. vai precisar apelar para o plano "b", que é baixar o pacote com o código fonte e compilar.

O arquivo está no final da página, "Generic packages with source". Baixe o "TAR Archive" que serve para todas as distribuições.

Enquanto escrevo a versão atual era: hsflinmodem-5.03.27lnxtbeta03042700.tar.gz

Para instalá-lo você deve descompactar o arquivo e, dentro da pasta que será criada, executar o comando:

# make install

E, em seguida (ambos os comandos como root):

# hsfconfig

Para instalar esta versão em código fonte você precisa ter instalado o conjunto de pacotes de desenvolvimento da distribuição. Apenas o GCC não basta neste caso. Os pacotes de desenvolvimento (development) podem ser marcados durante a instalação.

No Kurumin o ícone para instalar os compiladores está no Iniciar> Instalar novos programas > Utilitários > Instalar Compiladores

Você deve ter instalado também o pacote "kernel-headers" incluído no CD (na dúvida aproveite para instalar também o kernel-source).

Ao instalar o pacote kernel-headers será criada uma pasta /usr/src/kernel-headers-2.x.x (o 2.x.x é a versão do Kernel). O problema é que o script de instalação não vai direto a esta pasta, ele tenta acessar um link para ela: /lib/modules/2.x.x/build.

Se este link estiver apontando para o local errado, o script irá até a parte de seleção do país e depois abortará acusando um erro. Este problema é fácil de resolver, basta apagar o link build antigo e criar outro apontando para a pasta correta.

Acesse a pasta /lib/modules/2.x.x (lembre-se, o 2.x.x é a versão do Kernel, varia de acordo com a distribuição :)

Apague o link antigo:

# rm -f build

Crie o novo:

# ln -s /usr/src/kernel-headers-2.x.x build

Pronto, isto deve ser suficiente para fazer seu modem funcionar. Boa navegação :)


A partir da versão 2.01 o Kurumin já virá com suporte a modems Conexant HSF direto do CD. Para que funcionasse, fiz o seguinte:

Fiz uma instalação normal dos drivers com o Kurumin rodando no HD, como descrevi aí em cima. Depois de testar essa instalação, fui copiando os arquivos utilizados pelo driver para dentro do CD-ROM, consultando o script de instalação. Foi preciso copiar:

- Os arquivos inf's na pasta /etc/hsf/0
- Os arquivos hsfconfig, hsffirm2bin, hsfinf2bin e hsfstop na pasta /usr/sbin
- Osmodulos hsfali.o, hsfengine.o, hsfosspec.o, hsfvia.o, hsfbasic2.o, hsfich.o, hsfserial.o e hsfyukon.o na pasta /lib/modules/2.4.20-xfs/misc/
- Executar o comando "depmod -a" dentro do chroot para completar a instalação dos módulos.

Você pode ver que depois de instalado o driver tem basicamente três componentes. Os arquivos inf são arquivos de configuração divididos por país e por modelo de modem. Geralmente os drivers para softmodems, como os Lucent e os Pc-Tel instalam apenas dois módulos no Kernel, um para ativar a porta serial do modem e outro para cuidar das demais funções, mas no caso do Conexant são usados 7 módulos distintos, pois na verdade este chipset teve várias versões diferentes.

O arquivo hsfconfig é o "maestro" da orquestra, é ele quem detecta o modem instalado e carrega os arquivos inf e os módulos apropriados para ele. Foi só fazer algumas alterações e o script passou a rodar pacificamente do CD, sem tentar reinstalar tudo cada vez que é executado.

O ícone no iniciar chama o hsfconfig para que o modem seja configurado e depois abre o kppp para que você possa discar.




:. Imprima este Texto

Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro de revisão no texto?
Escreva para mim: morimoto em guiadohardware.net



  © 1999 - 2004 :. Todos os direitos reservados :.
Melhor visualizado em qualquer browser. Você escolhe o que usar, não nós :-)
"The box said: Requires MS Windows or better, so I instaled Linux"