:. Indique este site a um amigo...
 3260447 visitas desde 28/02/1999  |  Responsável: Carlos E. Morimoto
 :. Novo na área?! Leia nosso tutorial: Hardware para Iniciantes

Seções

Artigos :. Microsoft cria arquitetura de rede

Relacionados

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux 4.Ed
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Kurumin Linux

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Comente esta
   Matéria

Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
Manual de Hardware Completo 3ed.
Redes 3ed
Upgrade e Manutenção
Novas tecnologias 3Ed
Entendendo e Dominando o Linux
Dicionário Técnico de Informática. R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Slackware 8.1 R$ 8,00
Red Hat 8.0 R$ 16,00
DemoLinux 3.0 R$ 8,00
Knoppix R$ 8,00
Peanut 9.1 R$ 8,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Debian 3.0 R$ 35,00
Definity R$ 8,00
E outras distribuições

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data:

16.11.2001

 :. Em Reformulação!
Tipo: Informações
Fabricante: Não se Aplica
Fonte: - x -
     

 

   Microsoft cria arquitetura de rede doméstica

Não é à toa que a Microsoft vêm investindo tanto na divulgação do Windows XP. Além do dinheiro das vendas, o XP servirá como base para uma nova leva de produtos baseados no uso de redes e Internet que a Microsoft pretende popularizar. A estratégia .Net parece ser o principal pilar, um conjunto de produtos liderados pelo Passport que pretende concentrar uma boa parte do uso da Web em torno de um sistema mantido pela empresa. Agora que já conseguiram um quase monopólio dos sistemas operacionais, com o apoio do Governo Americano (não é só por aqui que as coisas acabam em Pizza...) querem também dominar a Web.

Mas, deixando a .Net de lado, a notícia de hoje é sobre mais uma tecnologia que será oficialmente lançada em Janeiro, chamada e-Home. A idéia é facilitar (ainda mais) a criação de redes domésticas, unindo não apenas os PCs e notebooks da casa, mas também outros produtos como câmeras, handhelds, internet appliances etc.

Esta idéia, claro, não é da Microsoft. Muita gente vêm falando desta possibilidade desde que foi anunciado pela primeira vez o padrão Bluetooth. O e-Home da Microsoft é uma forma de facilitar o uso não apenas do Bluetooth, mas também de outras tecnologias de rede.

A chave aqui é a integração. Nos próximos anos teremos disponíveis peo menos 6 arquiteturas de rede diferentes. Além das tradicionais redes Ethernet, do Bluetooth e do 802.11b teremos também o HomePNA, HomePlug  e HomeRF. Isso se não aparecer mais nenhum novo padrão pelo caminho. 

Como os padrões são complementares, é bem possível que você acabe usando 3 ou 4 deles ao mesmo tempo. Você pode ter por exemplo uma rede Ethernet entre os dois PCs da casa, uma rede sem fio 802.11b para conectar o notebook (já que no trabalho ele também se conecta a uma rede sem fio) e ainda uma rede bluetooth para integrar o Palm, o Celular e outras bugigangas que tenha em casa.

Com o e-home a Microsoft pretende criar uma plataforma de software para interligar todas estas arquiteturas diferentes. Os objetivos são basicamente dois: permitir que todos os dispositivos formem uma única rede, tendo o PC como centro e criar aplicativos que explorem os recursos desta integração.

Uma das primeiras idéias é compartilhar música entre os dispositivos da rede, incluindo aparelhos de som que tenham algum tipo de conectividade de rede (via bluetooth por exemplo), palmtops, etc. Existe até mesmo a possibilidade de compartilhar músicas através da Internet e ouvi-las de qualquer lugar, até mesmo apartir de um Celular 2.5G ou 3G, que terão conexões contínuas.

No futuro devem aparecer com várias outras aplicações para a tecnologia. O problema continua sendo a segurança, a velha pedra no sapato da maioria dos produtos Microsoft. Na pressa de lançar novos produtos e torna-los fáceis de usar a Microsoft criou um histórico de falhas graves de segurança na maioria dos seus produtos. Os vírus de macro do Word, os vírus de e-mail que exploram as falhas do outlook, os bugs do IIS, os constantes problemas com os patches e service packs (só para citar alguns) e, mais recentemente, os problemas com o Passport que comentei recentemente.

A idéia do e-Home é realmente interessante. De fat, o Windows XP já vêm com um bom suporte a redes Wireless. Mas existe um obstáculo que pode colocar tudo a perder, que é a limitação de no máximo 5 conexões de rede no Windows XP versão Home. Estas 5 conexões de rede incluem não apenas PCs, mas qualquer tipo de dispositivos, incluindo os handhelds e celulares bluetooth. Isso vai limitar o número de dispositivos conectados que você tiver em casa. Dois PCs, um palmtop, um celular e uma câmera já completam o limite, impedindo que você possa conectar ao mesmo tempo o aparelho de som, a webpad, etc. sem a necessidade de atualizar para o Windows XP Professional, que permite conectar um número maior de dispositivos.


Carlos E. Morimoto

Versão para imprimir

 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Carlos E. Morimoto
Melhor visualizado em qualquer browser. Você escolhe o que usar, não nós :-)