Guia do Hardware.Net
Impresso em: 22/1/2003, 00:58:20
Impresso de: http://www.guiadohardware.net/colunas/papo_aberto/10-duvidas_linux.asp

Colunas :. Papo Aberto

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux 4.Ed
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Comente esta
   Matéria

Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
Manual de Hardware Completo 3ed.
Redes 3ed
Upgrade e Manutenção
Novas tecnologias 3Ed
Entendendo e Dominando o Linux
Dicionário Técnico de Informática. R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Slackware 8.1 R$ 8,00
Red Hat 8.0 R$ 16,00
DemoLinux 3.0 R$ 8,00
Knoppix R$ 8,00
Peanut 9.1 R$ 8,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Debian 3.0 R$ 35,00
Definity R$ 8,00
E outras distribuições

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: 15.05.2001
Assunto: Dúvidas cruéis sobre o Linux
Por: Kleber Credidio
Contato:

 

 Dúvidas cruéis sobre o Linux

Olá pessoas! Nesta edição do Papo Aberto, atendendo a pedidos, vou falar um
pouco sobre o Linux, seus prós e contras, distribuições, instalação e etc.
Se você tem curiosidade sobre este sistema operacional mas tem receio de
testá-lo, ou é iniciante em Linux, ou mesmo quer ter uma outra visão sobre
ele, esta coluna é sob medida para você... ;-) Vamos lá, acomode-se na
cadeira e boa leitura!

Se tem alguma sugestão para esta coluna, envie-a para meu e-mail:

Até a próxima!!! :-)
Kleber Credidio.


:. Dúvidas cruéis sobre o Linux

1. O que é o Linux?
Linux é um sistema operacional criado por Linus Torvalds em 1991 com o
lançamento da versão 0.02, e aperfeiçoado em 1994 com o lançamento da versão
1.0 do Kernel. Atualmente o Kernel está na versão 2.4.2. O Linux é coberto
pela licença GNU - ou seja, deve ter sempre seu código-fonte aberto, o que
significa que qualquer pessoa pode ter acesso ao seu código-fonte e
modificá-lo ao seu gosto à vontade, além de ser proibida sua
comercialização. Sim, antes que você pergunte, você verá caixas de Linux a
venda por aí - Conectiva, Red Hat, SuSE, Mandrake, etc. Porém, o que está à
venda não é realmente o Linux, e sim o pacote - manuais, CDs prontos,
aplicativos extras e etc.


2. O que é Kernel?

Kernel é o núcleo do sistema operacional. Sem Kernel, não há sistema
operacional. O Kernel do Linux é atualizado constantemente por programadores
de todo o mundo, e pode ser reprogramado facilmente pelo usuário final a fim
de otimizar o desempenho e personalizar o Linux, eliminando funções
desnecessárias e acrescentando outras que sejam úteis. A versão atual do
Kernel é 2.4.2.


3. O que são distros (distribuições)?
Distribuições (abreviadamente "distros") são "versões" do Linux. Vou
explicar melhor: O Linux é gratuito, sempre foi e sempre será (ao menos,
esperamos que sim... ;-)). O que ocorre neste caso é que uma determinada
empresa (por exemplo, a Red Hat) pega o Linux, faz algumas modificações
nele, acrescenta alguns aplicativos (tanto comerciais quanto gratuitos),
grava tudo em CD e coloca à venda, podendo acrescentar manuais e outros
acessórios. Isto é uma distribuição, e ela pode ser comercializada. Repare
que o que é comercializado não é o Linux em si, e sim o material (CDs,
manuais, caixa, etc.) e softwares comerciais.


4. Há diferenças entre as distros?
Sim. No entanto, todas têm muito em comum. Cada uma delas tem suas próprias
características; algumas são melhores para iniciantes, outras para usuários
mais avançados. Vou dar uma pincelada sobre as principais:

:. RED HAT: Uma das mais conhecidas, a Red Hat foi das primeiras
distribuições existentes. Atualmente está na versão 7.0. Possui vários
recursos extras, porém nada excepcional. Indicada para quem está começando
pela facilidade de instalação e configuração do sistema, possui um
configurador centralizado (linuxconf) onde pode-se configurar praticamente
tudo.

:. Slackware: Ótima distribuição. Não é muito indicada para iniciantes,
visto que muita coisa deve ser configurada mesmo "na unha" (linha de
comando). Bastante segura e rápida.

:. Mandrake: Distribuição relativamente nova, mas com várias inovações,
incluindo o sistema de instalação por etapas. Pode ser usado por quem está
começando.

:. Conectiva: Distribuição nacional do Linux, baseada no Red Hat. Muito
boa, apesar de um pouquinho pesada se comparada com algumas outras
distribuições. Porém, nada que uma configuração adequada da inicialização
não resolva. Ótima para iniciantes, principalmente pelo fato de muita coisa
ser em português.

:. SuSE: A distro mais completa. Vem com 6 CDs (na versão 7.0
completa), e é a única distro de Linux que pode ser encontrada em DVD. No
entanto, ocupa muito espaço no disco rígido (uma instalação comum consome
cerca de 3Gb). Também existe em português (de Portugal). Assim como o Red
Hat, possui um configurador centralizado próprio.

:. Debian: A distro mais "pura" do Linux. Mantém a essência do Linux,
com poucas modificações. Indicado para usuários avançados, já que a
instalação e configuração é um tanto trabalhosa. Também é uma das distros
mais estáveis, muito usada em servidores.

Há também as "mini-distros", como o Peanut (que cabe em um disquete). São
distribuições que basicamente não precisam ser instaladas.

Não existe "melhor" ou "pior" distribuição. O que é melhor para um, pode ser
pior para outro. O melhor a fazer é testar cada uma delas e ver qual você se
adapta melhor, ou qual atende mais às suas necessidades. A princípio, é como
cerveja... todas são parecidas... mas quando você começa a entender, vê as
diferenças e passa a gostar mais de uma... ;-)


5. Já tenho Windows instalado, posso instalar o Linux também?

Sim, perfeitamente, Linux e Windows podem coexistir pacificamente no micro.
A parte mais "complicada" disto é particionar o HD; para isto há um
programinha chamado FIPS que particiona o HD sem precisar formatar e sem
perda de dados. Particularmente, recomendo o uso do Partition Magic
(www.powerquest.com), é bem mais intuitivo. Uma vez particionado, basta dar
o boot no sistema pelo CD do Linux, ou iniciar a instalação a partir do
próprio Windows.

No processo, é instalado também um gerenciador de boot, que lhe permitirá, a
cada inicialização do micro, escolher se deseja carregar o Windows ou o
Linux.

CUIDADO para não mandar instalar o Linux na mesma partição onde está o
Windows ou seus dados. Certifique-se SEMPRE de instalá-lo em uma partição
vazia, pois este processo apaga tudo o que estiver na partição.

Para os que querem experimentar mas têm receios, pode-se usar o WinLinux
(http://www.winlinux.net/usa-index.html). Sim, é uma espécie de "Linux para
Windows". Toda a instalação é feita pelo Windows, e é criado um atalho para
o Linux na área de trabalho. Basta clicar nele para executar o Linux. A
cópia gratuita do WinLinux 2001 pode ser encontrada em
http://www.winlinux.net/download2.html (215Mb).


6. Posso enxergar a partição Linux a partir do Windows e vice-versa?
A princípio, não. O Windows não reconhece o sistema de arquivos ext2
(sistema de arquivos do Linux). Porém, há programinhas que permitem isto. O
inverso acontece sem grandes problemas, já que o Linux possui suporte aos
sistemas de arquivos FAT16, FAT32 e NTFS. O SuSE, por exemplo, já coloca
atalhos para partições Windows existentes no micro na área de trabalho do
Gnome e KDE... prático, não? :-)


7. Meus componentes de hardware funcionarão sem problemas no Linux?
Depende (normalmente, sim). O Linux traz suporte à grande maioria dos
componentes de hardware existentes, principalmente os mais comuns. Há também
suporte a dispositivos Plug & Play. A maior restrição é quanto a softmodems
- os conhecidos "Winmodems". Alguns não funcionam por falta de drivers, mas
uma boa parte já é ativada sem maiores problemas. De qualquer modo, caso
você tenha algum dispositivo de hardware mais "incomum", dê antes uma
pesquisada para certificar-se de que há suporte para o mesmo no Linux.


8. Como posso aprender melhor sobre o Linux?
Esta é uma questão um tanto pessoal, mas penso que o melhor modo é sendo
corajoso: instalando e fuçando. O próprio Linux tem manuais dos comandos
(basta digitar 'man ' (sem aspas) e ele lhe trará
referências sobre o mesmo. Fora isto, é conveniente participar de listas de
discussões sobre Linux e fazer pesquisas na Internet; há vários sites
especializados em tutoriais para Linux. Seja, no entanto, prudente: tenha
sempre um backup de seus arquivos caso haja alguma... digamos...
"desgraça"... ;-)


9. Quais as vantagens do Linux?
Várias. Em primeiro lugar, o Linux é multiusuário, ou seja, cada usuário tem
sua conta no sistema e um não interfere com as configurações e arquivos de
outro a menos que seja especificado em contrário. Segundo, o Linux possui um
sistema de multitarefa preemptiva: você pode de fato executar várias tarefas
simultaneamente, sem precisar esperar uma terminar para começar outra. Isto
pode ocorrer basicamente de dois modos: ou executando-se uma tarefa por
terminal (é possível ter até 12 terminais abertos simultaneamente, no mesmo
micro, mesmo monitor, e isto pode ser aumentado) ou fazendo com que a tarefa
rode em segundo plano, deixando o terminal atual livre para fazer o que mais
desejar. Terceiro, o Linux é extremamente estável. É comum vermos máquinas
Linux ligadas 24 horas rodando perfeitamente por meses a fio, sem nenhuma
pane, daí o fato de ser largamente utilizado em servidores. Quarto, é
gratuito. Você nunca precisará se preocupar com licenças, fiscalizações ou
denúncias de pirataria... ;-) Quinto, é rápido e leve, pode ser instalado
até mesmo em um 386 com 4Mb de memória e um Hd de 10Mb. Sexto, é muito
seguro, e você dificilmente precisará se preocupar com vírus e invasões
enquanto estiver navegando (eu disse "dificilmente", não "nunca" - que eu
saiba, não existe sistema 100% seguro). Isto para citar algumas das
principais... há várias outras que será melhor descobrir por si mesmo.


10. Mas é tudo em linha de comando?
Não... o Linux possui várias interfaces gráficas (GUI). KDE, Gnome são as
mais comuns, mas há outras. Cada uma com seus prós e contras... e todas
tendem a seguir o mesmo sistema do Windows, justamente para facilitar a
adaptação de quem não está acostumado com este SO. Há uma interface, Blanes
2000, que é praticamente idêntica ao Windows 95. Melhor: esta interface é
nacional, desenvolvida por Luis Blanes e pode ser encontrada nativamente no
Tech Linux (uma das inúmeras distros do Linux). Atualmente, um usuário comum
raramente terá de fazer algo em linha de comando, tudo já pode ser comandado
normalmente com o uso das GUIs e com boa estabilidade.


11. Certo, e onde posso conseguir o Linux?
Em vários lugares: revistas vendidas em bancas, lojas virtuais - a Linux
Mall (http://www.linuxmall.com.br/) é bastante completa - ou nos sites
oficiais. Se quiser fazer o download, vá nos sites do desenvolvedor da
distribuição de sua preferência:

Mandrake - http://www.linux-mandrake.com/pt/
Conectiva - http://www.conectiva.com.br/
Slackware - http://www.slackware.com/
Red Hat - http://www.redhat.com/
Debian - http://www.debian.org/
SuSE - http://www.suse.com/

Se preferir fazer o download, prepare-se para levar algumas horas para
baixar (a menos que possua conexão de banda MUITO larga... hehe). É comum os
pacotes terem cerca de 600Mb ou mais.


Estas são as dúvidas mais comuns que tenho recebido acerca deste fantástico
sistema operacional. Muitas pessoas que experimentaram praticamente
abandonaram o Windows... ;-) Experimente, teste, explore.

Vale também dar uma lida no nosso curso on-line de Linux
(http://www.guiadohardware.net/curso/linux/index.asp), uma ótima
colaboração de Gleydson Mazioli da Silva.

Na próxima coluna vou dar dicas de backup dos arquivos vitais do Windows,
aguardem!
Kleber Credidio.

 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Guia do Hardware.Net
http://www.guiadohardware.net/