:. Indique este site a um amigo...
 3073094 visitas desde 28/02/1999  |  Responsável: Carlos E. Morimoto
 :. Novo na área?! Leia nosso tutorial: Hardware para Iniciantes

Seções
Colunas :. Papo Aberto
Relacionados

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux 4.Ed
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Doações

+ Comente esta
   Matéria

Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
Manual de Hardware Completo 3ed.
Redes 3ed
Upgrade e Manutenção
Novas tecnologias 3Ed
Entendendo e Dominando o Linux
Dicionário Técnico de Informática. R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Slackware 8.1 R$ 8,00
Red Hat 8.0 R$ 16,00
DemoLinux 3.0 R$ 8,00
Knoppix R$ 8,00
Peanut 9.1 R$ 8,00
FreeBSD 4.5 R$ 20,00
NetBSD 4.5 R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Debian 3.0 R$ 35,00
Definity R$ 8,00
E outros...

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: 16.02.2001  :. Em Reformulação!
Assunto: Os 10 Mandamentos do Suporte Técnico
Por: Kleber Credidio
Contato:

 

   Os 10 Mandamentos do Suporte Técnico

Olá!

Estou estreando minha coluna no Guia do Hardware.Net, com o intuito de ajudar ainda mais as pessoas a não terem medo dos computadores, a dominarem um pouco mais suas máquinas... espero poder facilitar a vida de algumas pessoas por aqui.

Trabalho em um grande escritório de advocacia em SP, onde presto suporte aos funcionários. Não raro, ao atender alguma chamada, as pessoas me perguntam: "Puxa Kleber, você faz isso parecer tão fácil... como aprendeu tanto?". E eu brinco: "É segredo. Sou um gênio disfarçado"... Mas é, de fato, apenas uma brincadeira. Não há nada de misterioso, nada de precisar ser um gênio pra aprender a lidar com essas maquininhas simpáticas (está bem, nem sempre tão simpáticas assim) que nos ajudam cada vez mais em nosso dia-a-dia. Para provar, vou listar algumas coisinhas essenciais, por vezes até estúpidas, mas que ajudam muito a lidar com os microcomputadores:

1) Entenda que o computador não tem nada de complicado - muito pelo contrário. Não tenha medo dele, aceite-o como um amigo. Muita gente detesta matemática só de ouvir os outros dizerem que é complicado... mas se ignorarem este "aviso", verão que não é assim.

2) Seja curioso(a). Mexa, fuce, pesquise. Os programas normalmente têm um recurso que poucos se lembram de usar: a Ajuda (Help). Pode não ajudar sempre, nem responder diretamente à sua dúvida, mas normalmente fornece ao menos uma dica de como chegar lá.

3) Tente os comandos e sintaxes dos programas. Mas vá com calma: por precaução, antes de se aventurar, faça um backup de seu disco rígido. Assim, se você cometer uma "Operação Ilegal" (desculpem o trocadilho, mas não resisti... hehe), não perderá nada. Um bom software para isso é o Ghost, da Symantec.

4) Isto é importante: aprenda (caso não saiba) Inglês. Boas partes dos softwares atualmente ainda não são traduzidos para nosso idioma, e para quem quer surfar sem limites pela Internet o Inglês é obrigatório. Sem contar nas aplicações práticas de se saber este idioma, cada vez mais dominante (uma chance de conseguir aquela vaga em uma empresa, por exemplo).

5) Seja, além de curioso(a), corajoso(a). Muitas vezes, apenas ouvir a opinião das pessoas sobre determinado sistema operacional ("me disseram que o Windows Millennium é pior que o Windows 98") não é suficiente. Experimente. Se não gostar, volte ao que era antes. Ao menos, você agora conhece e pode expressar sua opinião pessoal.

6) Não se contente com pouco. Queira sempre saber mais, procure opiniões diferentes, visões diferentes. Leia livros, pesquise na Internet, visite sites especializados sobre o assunto (você está em um dos melhores agora...
:-), mantenha-se atualizado.

7) Não dá pra forçar isso... mas gostar do que se faz é fundamental. A Informática é uma das minhas paixões, daí a facilidade, a vontade de sempre querer saber mais. Mas isto é pessoal... o que vale é ser autêntico e se esforçar em aprender.

8) Participe de listas de discussão. A Internet está cheia delas (sou moderador de uma, inclusive), e são ótimas fontes de aprendizado. E melhor: são gratuitas (uma grande maioria, ao menos).

9) Assine pelo menos uma revista de informática mensal. É um modo confiável e confortável de manter-se atualizado e informado.

10) Pode parecer estranho isto... mas tente aprender a "pensar" como a máquina. Isto não se ensina, aprende-se com a experiência, e não estou falando bobagem. Se duvidar, o tempo lhe explicará o que estou tentando dizer... se conseguir entender como a máquina funciona, serão poucos os desafios intransponíveis.

Bom... claro que há muito mais a se aprender, a fazer... mas estamos apenas começando, certo? Nas próximas colunas, vou falando um pouco mais sobre isso, fazendo o possível para tornar a relação homem-máquina menos "assustadora".

Um forte abraço e até lá!

Kleber Credidio.

 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Carlos E. Morimoto
Melhor visualizado em qualquer browser. Você escolhe o que usar, não nós :-)