:. Indique este site a um amigo...
 3280431 visitas desde 28/02/1999  |  Responsável: Carlos E. Morimoto
 :. Novo na área?! Leia nosso tutorial: Hardware para Iniciantes

Seções
Cursos OnLine :. Gravação de CDs
Relacionados

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux 4.Ed
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Kurumin Linux

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Comente esta
   Matéria

Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
Manual de Hardware Completo 3ed.
Redes 3ed
Upgrade e Manutenção
Novas tecnologias 3Ed
Entendendo e Dominando o Linux
Dicionário Técnico de Informática. R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Slackware 8.1 R$ 8,00
Red Hat 8.0 R$ 16,00
DemoLinux 3.0 R$ 8,00
Knoppix R$ 8,00
Peanut 9.1 R$ 8,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Debian 3.0 R$ 35,00
Definity R$ 8,00
E outras distribuições

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: 07.12.2000  :. Em Reformulação!
Tipo: Curso
Fabricante: Não se Aplica
Por: Carlos E. Morimoto

 

   Parte 5: Configuração do Micro x Buffer Underrum

A gravação de um CD é um processo razoavelmente lento que não pode ser interrompido de maneira alguma, caso contrário, a mídia que está sendo gravada será perdida. O problema que mais atormenta os usuários de gravadores de CD é o famoso "Buffer Underrun", uma situação onde a gravação é interrompida por falta de dados.

Todo gravador de CD possui um pequeno buffer, de 2 ou mesmo 4 MB nos drives mais recentes e 1 MB ou 512 KB em gravadores mais antigos ou de baixa qualidade. Este buffer funciona como uma "poupança" guardando dados que serão usados caso haja qualquer interrupção momentânea no fornecimento de dados para o gravador, evitando a perda da mídia. Assim que o gravador volta a receber dados, o buffer é novamente preenchido, mais ou menos como a represa de uma usina hidrelétrica.

Pode parecer estranho que qualquer micro razoável não seja capaz de fornecer um fluxo de dados de apenas 600 ou 1200 KB/s, sendo que um bom HD é quase 20 vezes mais rápido do que isso, e até uma mísera porta paralela ECP seria capaz de suportar com sobra um fluxo tão pequeno.

O problema neste caso, porém, não tem muito a ver com a velocidade da transmissão de dados, e sim com a capacidade de transmitir dados do HD para o gravador de forma ininterrupta. Neste aspecto, os HDs e gravadores de CD SCSI são muito melhores do que os IDE, já que o SCSI permite uma transferência de dados muito mais estável e menos dependente da disponibilidade do processador.

O ideal seria o uso de um gravador SCSI e de um HD SCSI, o que asseguraria gravações a 4x ou mais sem problemas de buffer underrun. A segunda opção seria um gravador SCSI e um HD IDE razoavelmente rápido, o que também geraria bons resultados.

Gravadores SCSI ainda são um pouco mais caros do que os IDE, mas sinceramente esta diferença vale à pena, principalmente por que quase todos os gravadores SCSI já acompanham placas SCSI, dispensando qualquer despesa adicional. Tendo uma placa SCSI instalada, você terá também a possibilidade de instalar HDs e outros periféricos SCSI no micro, complementando o bom negócio.

Caso você tenha decidido comprar um gravador IDE, ou já possua um, nossa terceira opção será instalar o gravador sozinho na IDE secundária, deixando o HD também sozinho na IDE primária. Desde que o seu HD seja razoavelmente rápido, e o gravador possua pelo menos 2 MB de buffer, esta combinação também vai funcionar sem problemas, apesar de você talvez perder uma mídia ou outra esporadicamente caso utilize outros programas no micro enquanto estiver gravando os CDs. A menos que você tenha mídias sobrando, de modo algum instale o gravador na mesma porta IDE do disco rígido, pois isto causará interrupções nas transferências de dados que colocarão a gravação em risco.

Em qualquer uma das situações acima, procure de desativar todos os programas residentes antes de fazer as gravações, especialmente o antivírus, pois eles atrapalham e muito as gravações, ajudando a causar esvaziamento do buffer.

Quanto maior for o buffer, maior é a segurança. Justamente por isso, muitos dos gravadores mais modernos trazem 4 MB de buffer, o que garante gravações mais seguras. 4 MB de buffer garantem cerca de seis segundos de dados numa gravação a 4x, tempo suficiente para abrir um arquivo grande do Word por exemplo.

Também é possível fazer gravações apartir do CD-ROM, facilitando por exemplo a tarefa de duplicar um CD qualquer. Você sempre ouviu que o CD-ROM não deve ser instalado na mesma porta IDE do disco rígido, e realmente isto está corretíssimo. Porém, se você tiver um CD-ROM IDE, um disco rígido IDE e para completar um gravador também IDE, o mais aconselhável caso você pretenda fazer gravações apartir do CD-ROM seria instala-lo na IDE primária junto com o HD, deixando o gravador sozinho na IDE secundária. Neste caso poderíamos fazer tanto gravações HD > gravador quanto gravações CD > gravador com mais segurança, pois em ambos os casos o gravador estaria instalado numa porta IDE diferente da do dispositivo que fornecerá os dados.

Apesar de mais raros, existem também gravadores externos, que utilizam a porta paralela. Apesar da portabilidade, estes drives acabam sendo os piores, pois além de lenta, a porta paralela consome muitos recursos do processador durante as transferências de dados, o que acaba por causar muitos problemas de buffer underrun. Evite ao máximo comprar gravadores paralelos. Se por acaso você já tiver um, as dicas para conseguir fazer boas gravações são configurar a porta paralela como "ECP" no Setup, desativar todos os programas que estejam rodando em paralelo, principalmente o antivírus, desabilitar a proteção de tela e não utilizar o micro para mais nada enquanto estiver gravando os CDs.

Outra opção de gravador portátil atualmente são os gravadores USB. Como todos os demais periféricos USB, estes ainda não são muito comuns. A porta USB é uma interface muito mais adequada do que a porta paralela para a gravação de CDs: é mais rápida e principalmente, consome muito menos recursos do processador durante as transferências de dados. Os gravadores USB costumam funcionar muito melhor do que os paralelos, e como a porta USB permite um barramento de 12 megabits, ou 1,5 MB/s é possível gravar a 4 ou 6x sem problemas, apesar da maioria dos gravadores permitir apenas 4x.

A instalação também é simples, depois de conectar o aparelho basta ligar o micro que o Windows irá detectá-lo automaticamente, bastará então fornecer os drivers do fabricante. Só será preciso fornecer os drivers da primeira vez que usar o aparelho. Ao usar o um gravador USB evite ligar outros periféricos na mesma saída USB. Como as placas mãe vem com duas saídas, reserve uma para o gravador e ligue todos os demais periféricos na outra.

Seja qual for a configuração que estiver utilizando, antes de gravar seu CD, é aconselhável desfragmentar o disco rígido, pois com os dados gravados sequencialmente no disco, o tempo de acesso aos dados e a taxa de transferência serão melhores, diminuindo muito a frequência de ocorrência de buffer underrun.

Caso você esteja gravando em velocidades mais altas, 4x ou mais, evite usar o micro enquanto estiver gravando CDs, pois qualquer acesso ao disco rígido pode resultar no esvaziamento do buffer, especialmente em gravadores IDE com 1 MB ou menos de buffer. Lembre-se que gravando a 4x, 1MB de buffer correspondem a apenas segundo e meio de dados. Abrir um programa pesado ou um arquivo grande pode estrangular a transferência de dados durante um tempo razoável, mais do que suficiente para esvaziar o buffer, principalmente se você estiver à mercê da porca multitarefa do Windows 95/98. Definitivamente, para gravar CDs o sistema operacional mais recomendável é o Windows 2000.

Dependendo da configuração da sua máquina, e principalmente da velocidade do disco rígido, pode ser que seja possível rodar outros programas pesados, ou mesmo jogos durante a gravação dos CDs, sem perder mídias. Neste caso, você saberá apenas depois de tentar, mas a maioria dos programas de gravação permitem executar uma simulação antes de partir para a gravação do CD. Nesta simulação, são reproduzidas todas as etapas da gravação, porém nenhum dado é gravado no disco, permitindo que você faça várias experiências sem arriscar perder mídias. Tenho um amigo que joga até Quake 3 enquanto grava CDs e jura que até hoje não perdeu nenhuma mídia por causa disso, como disse, vai da configuração do seu micro.

Se você estiver usando o Windows 2000, uma dica é pressionar crtl + alt + del para abrir o gerenciado de tarefas. Localize o programa de gravação e mude a prioridade de "Normal" para "Alta", isto ferá com que o Windows dê prioridade para o programa de gravação, diminuindo a possibilidade de perder a mídia por causa de outros aplicativos.

Seguindo todos estes cuidados é possível gravar CDs praticamente em qualquer micro, até mesmo num 486. Aliás se você costuma gravar muitos CDs, esta pode ser uma boa opção para gravar os CDs sem ocupar o micro principal; comprar um outro micro, um Pentium 166 ou algo parecido e reserva-lo para a gravação dos CDs. Como disse a maioria dos problemas de buffer underrun surgem ou devido a erros de configuração ou a programas sendo executados durante as gravações; dedicando um micro exclusivamente a esta tarefa, a possibilidade é muito menor.

Se mesmo com todos estes cuidados você ainda está tendo problemas de buffer underrun (isso pode acontecer caso seu gravador possua um buffer pequeno, ou caso seu HD seja muito lento, por exemplo) você pode diminuir a velocidade da gravação, de 4x para 2x ou mesmo 1x. Com uma velocidade menor, o buffer demorará muito mais para se esvaziar, e o problema será resolvido. Vale lembrar que mídias de má qualidade muitas vezes dão problemas caso sejam gravadas a 4x ou mais. Para gravar nesta velocidade é imprescindível que a mídia seja de boa qualidade.

 

:. Próxima página »

      Os Tópicos do Curso:
:.
Parte 1: Introdução
:.
Parte 2: Uma salada de padrões
:.
Parte 3: Gravação de CDs
:.
Parte 4: CDs regraváveis, CDs de 80 minutos e Oversize
:.
Parte 5: Configuração do micro x Buffer Underrum
:.
Parte 6: Gravando CDs (parte 1)
:.
Parte 7: Gravando Cds (parte 2)

 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Carlos E. Morimoto
Melhor visualizado em qualquer browser. Você escolhe o que usar, não nós :-)