:. Indique este site a um amigo...
 2926743 visitas desde 28/02/1999  |  Responsável: Carlos E. Morimoto
 :. Novo na área?! Leia nosso tutorial: Hardware para Iniciantes

Seções
Cursos OnLine :. Hardware
Relacionados

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
        Dominando o Linux 4ª Ed
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Mini-Reviews
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Outros
   :. Drivers
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Colunas
   :. Manuais
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Doações

+ Comente esta
   Matéria


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 20,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
Manual de Hardware Completo 3ed.
Redes 3ed
Upgrade e Manutenção
Novas tecnologias 3Ed
Entendendo e Dominando o Linux 4Ed
Dicionário Técnico de Informática. R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Slackware 8.1 (1 CD)
R$ 8,00

Red Hat 8.0 (3 CDs)
R$ 16,00

Conectiva 8.0 (2 CDs)
R$ 12,00

Slackware 8.1 (1 CD)
R$ 8,00

DemoLinux 3.0 (1 CD)
R$ 8,00

Knoppix! (1 CD)
R$ 8,00

Peanut 9.1 (1 CD)
R$ 8,00

FreeBSD 4.5 (4 CDs)
R$ 20,00

Libranet 1.91 (1 CD)
R$ 8,00

Debian 3.0 (7 CDs)
R$ 35,00

Definity 1.0r8 (1 CD)
R$ 8,00

E outros...

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: 15.03.2000  :. Em Reformulação!
Tipo: Curso
Fabricante: Não se Aplica
Por: Carlos E. Morimoto

 

   Parte 1: Conhecendo os Componentes

BARRAMENTOS

Os barramentos permitem ao processador comunicar-se com outros periféricos, como placas de vídeo, placas de som e modems. O barramento é como uma estrada que permite o tráfego de dados. Os slots da placa mãe são apenas meios de conexão. Todos os slots PCI da placa mãe por exemplo compartilham o mesmo barramento, o barramento PCI, todos os slots ISA compartilham o barramento ISA enquanto, caso exista, o slot AGP usa sozinho o barramento AGP.

Apesar de já terem existidos vários tipos de barramentos diferentes, atualmente são usados apenas 3 tipos de barramento: o ISA, o PCI e o AGP.


ISA

O ISA foi o primeiro barramento usado em micros PC, antes mesmo do XT. Apesar de antiquado e lento, o ISA ainda é usado atualmente para a conexão de periféricos lentos, como placas de som e modems, para os quais a transmissão de dados a 8 Megabytes por segundo permitida pelo ISA é suficiente.

A tendência porém é que o ISA seja aposentado dentro de pouco tempo. A maioria das placas mãe modernas traz apenas um slot ISA, e muitos não trazem nenhum. Além disso, cada vez mais modelos de placas de som e modems são lançados em versão PCI.


PCI

O PCI é o barramento mais utilizado atualmente. Permite uma taxa de transferência de 133 Megabytes por segundo, mais de 16 vezes o permitido pelo ISA.. Você encontrará vários periféricos, em versão PCI.


AGP

O AGP é um novo barramento feito sob medida para as placas de vídeo mais modernas. Ele opera ao dobro da velocidade do PCI, ou seja, 66 MHz, permitindo uma transferência de dados a 266 MB/s, o dobro do PCI.

A maioria das placas de vídeo modernas estão sendo fabricadas em versão AGP. É cada vez mais raro ver placas de vídeo PCI. A maior vantagem do AGP é ser exclusivo da placa de vídeo, ao contrário do PCI, que é compartilhado por todos os periféricos instalados em slots PCI.

Não existe nenhum tipo de adaptador PCI/AGP ou vice-versa. Se por engano você comprar uma placa AGP, e sua placa mãe não possuir um slot AGP, você terá que ou trocar a placa de vídeo (por outra PCI) ou a placa mãe (por outra com um slot AGP).


USB

O USB é a tentativa de criar um novo padrão para a conexão de periféricos externos. Suas principais armas são a facilidade de uso e a possibilidade de se conectar vários periféricos em uma única porta USB.

Apesar do "boom" ainda não ter acontecido, já existem no mercado vários periféricos USB, que vão de mouses e teclados à placas de rede, passando por scanners, impressoras, Zip drives, modems, câmeras de videoferência e muitos outros.

Podemos conectar até 127 periféricos a uma única saída USB em fila, ou seja, conectando o primeiro periférico à saída USB da placa mãe e conectando os demais a ele.

A saída USB do micro é o nó raiz do barramento. A este nó principal podemos conectar outros nós chamados de hubs. Um hub nada mais é do que um benjamim que disponibiliza mais encaixes, sendo 7 o limite por hub. O hub possui permissão para fornecer mais níveis de conexões, o que permite conectar mais hubs ao primeiro, até alcançar o limite de 127 periféricos permitidos pela porta USB. A ideia é que periféricos maiores, como monitores e impressoras possam servir como hubs, disponibilizando várias saídas cada um. Os "monitores USB" nada mais são do que monitores comuns com um hub USB integrado.


PEDIDO DE INTERRUPÇÃO (IRQ)

Nos micros PC, existe um recurso chamado de pedido de interrupção. A função dos pedidos de interrupção é permitir que os vários dispositivos do micro façam solicitações ao processador. Existem 16 canais de interrupção, chamados de IRQ ("Interrupt Request", ou "pedido de interrupção"), que são como cordas que um dispositivo pode puxar para dizer que tem algo para o processador. Quando solicitado, o processador para tudo o que estiver fazendo para dar atenção ao periférico que está chamando, continuando seu trabalho após atendê-lo. Dois dispositivos não podem compartilhar a mesma interrupção, caso contrário teremos um conflito de hardware. Isso acontece por que neste caso, o processador não saberá qual dispositivo o está chamando, causando os mais diversos tipos de mal funcionamento dos dispositivos envolvidos.

Normalmente os IRQs ficam ocupados da seguinte forma:

IRQs
Status
IRQ 0
Usado pela placa mãe
IRQ 1
Teclado
IRQ 2
Usado pela placa mãe
IRQ 3
Porta serial 1 (Com2 e Com 4)
IRQ 4
Porta Serial 2 (Com1 e Com 3)
IRQ 5
Placa de Som
IRQ 6
Unidade de Disquetes
IRQ 7
LPT 1 (porta da impressora)
IRQ 8
Relógio de tempo real
IRQ 9
Placa de Vídeo (não é necessário em algumas placas)
IRQ 10
Controladora SCSI (caso você não possua nenhuma este IRQ ficará vago)
IRQ 11
Disponível
IRQ 12
Conector USB
IRQ 13
Coprocessador Aritmético
IRQ 14
Controladora IDE Primária
IRQ 15
Controladora IDE Secundária
 

 

Vale lembrar, que caso não tenhamos instalado um determinado dispositivo, a interrupção destinada a ele ficará vaga. Podemos também mudar os endereços dos periféricos instalados, podendo por exemplo, instalar uma placa de som em outra interrupção disponível e usar a interrupção 5 para outro dispositivo. Você poderá alterar o endereço de IRQ usado por um periféricos através do gerenciador de dispositivos do Windows (painel de controle/sistema/gerenciador de dispositivos) ou, em alguns casos, através de jumpers localizados no próprio periférico.


DMA (ACESSO DIRETO À MEMÓRIA)

O DMA visa melhorar a performance geral do micro, permitindo que os periféricos transmitam dados diretamente para a memória, poupando o processador de mais esta tarefa.
Existem 8 portas de DMA, e como acontece com os pedidos de interrupção, dois dispositivos não podem compartilhar o mesmo canal DMA, caso contrário haverá um conflito. Os 8 canais DMA são numerados de 0 a 7, sendo nos canais de 0 a 3 a transferência de dados feita a 8 bits e nos demais a 16 bits. O uso de palavras binárias de 8 bits pelos primeiros 4 canais de DMA visa manter compatibilidade com periféricos mais antigos.

Justamente por serem muito lentos, os canais de DMA são utilizados apenas por periféricos lentos, como drives de disquete, placas de som e portas paralelas padrão ECP. Periféricos mais rápidos utilizam o Bus Mastering, uma espécie de DMA melhorado.

O Canal 2 de DMA é nativamente usado pela controladora de disquetes. Uma placa de som geralmente precisa de dois canais de DMA, um de 8 e outro de 16 bits, usando geralmente o DMA 1 e 5. O DMA 4 é reservado à placa mãe. Ficamos então com os canais 3, 6 e 7 livres. Caso a porta paralela do micro seja configurada no Setup para operar em modo ECP, precisará também de um DMA, podemos então configurá-la para usar o canal 3.

Canais
 Status
DMA 0
Disponível
DMA 1
Placa de Som
DMA 2
Controladora de drives de disquetes
DMA 3
Porta paralela padrão ECP
DMA 4
Usado pela placa mãe
DMA 5
Placa de Som
DMA 6
Disponível
DMA 7
Disponível
 

 


:. Memória RAM »

 

      Os Tópicos da 1ª Parte do Curso:
:.
Como Funciona o PC  
:.
Placas Mãe
:.
Componentes  
:.
Barramentos
:.
Processadores  
:.
Memória RAM
:.
Memória Cache  
:.
Placas de Vídeo e Monitores
:.
Diferenças na Arquitetura  
:.
Escolhendo a Configuração
:.
Comparativo dos Processadores      

 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Carlos E. Morimoto
Melhor visualizado em qualquer browser. Você escolhe o que usar, não nós :-)