Guia do Hardware.Net
Impresso em: 29/3/2003, 19:33:03
Impresso de: http://www.guiadohardware.net/curso/hardware/processador_velocidade.asp

Cursos OnLine :. Hardware

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Kurumin Linux
   :. Manual
    :. Forum
   :. Download

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Comente esta
   Matéria


Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
- Entendendo e Dominando o Linux 6ed.
- Manual de Hardware Completo 3ed.
- Redes 3ed
- Upgrade e Manutenção
- Novas tecnologias 3ed.
- Dicionário Técnico de Informática
Todos os e-books por R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Debian 3.0 R$ 35,00
Knoppix 3.2 R$ 8,00
Slackware 9.0 R$ 8,00
Red Hat 8 R$ 16,00
DemoLinux R$ 8,00
Peanut R$ 8,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Definity R$ 8,00
E outras distribuições

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: 15.03.2000
Tipo: Curso
Fabricante: Não se Aplica
Por: Carlos E. Morimoto

 

   Parte 2: Montagem e Configuração

VELOCIDADE DO PROCESSADOR

No capítulo sobre placas mãe, vimos que processadores atuais usam um recurso chamado multiplicação de clock. Isto significa que o processador internamente funciona a uma velocidade maior do que a placa mãe. Um Pentium 200 por exemplo, apesar de internamente funcionar a 200 MHz, comunica-se com a placa mãe a apenas 66 MHz. A velocidade de operação do processador é chamada de clock interno (internal clock), enquanto que a velocidade da placa mãe é chamada de clock externo (external clock).

Continuando a tomar o Pentium 200 como exemplo, percebemos que a velocidade interna do processador (200 MHz) é 3 vezes maior que a da placa mãe (66 MHz), dizemos então que no Pentium 200 o multiplicador é 3x. Num Pentium 166, o multiplicador será de 2,5x, já que a frequência do processador (166 MHz) será 2,5 vezes maior do que a da placa mãe (66 MHz).

Placas soquete 7 mais antigas são capazes de suportar multiplicadores de até 3x, porém, configurando o multiplicador como 1,5x, podemos instalar nelas o 233 MMX. Isso acontece por que este processador reconhece o multiplicador de 1,5x como 3,5x, com o objetivo de manter compatibilidade com estas placas mais antigas. Processadores similares, como o K6 de 233 MHz utilizam este mesmo recurso.

Apesar da Intel ter abandonado a fabricação do MMX após a versão de 233 MHz, passando a fabricar somente o Pentium II que usa placas equipadas com o slot One, a Cyrix e a AMD continuaram a lançar processadores soquete 7 com clocks maiores. Para usar estes processadores, você precisará de uma placa mãe super 7, que suporte multiplicadores superiores a 3x e clock externo de 100 MHz.

Segue agora, uma tabela com a configuração do multiplicador e do clock externo de vários processadores.

Processador Clock interno Multiplicador
Clock externo

Pentium 75 MHz 1,5x 50 MHz
100 MHz 1,5x 66 MHz
120 MHz 2x 60 MHz
133 MHz 2x 66 MHz
150 MHz 2,5x 60 MHz
166 MHz 2,5x 66 MHz
200 MHz 3x 66 MHz
Pentium MMX 166 MHz 2,5x 66 MHz
200 MHz 3x 66 MHz
233 MHz 3,5x (configurado como 1,5x) 66 MHz
Pentium II 233 MHz 3,5x 66 MHz
266 MHz 4x 66 MHz
300 MHz 4,5x 66 MHz
333 MHz 5x 66 MHz
350 MHz 3,5 100 MHz
400 MHz 4x 100 MHz
450 MHz 4,5x 100 MHz
AMD K6 166 MHz 2,5x 66 MHz
200 MHz 3x 66 MHz
233 MHz 3,5x (configurado como 1,5x) 66 MHz
266 MHz 4x 66 MHz
AMD K6-2 300 MHz 4,5x ou 3x 66 MHz ou 100 MHz
350 MHz 3,5x 100 MHz
400 MHz 4x 100 MHz

Os processadores Cyrix são uma exceção a esta regra, pois não são vendidos segundo sua frequência de operação, mas sim segundo um índice Pr, que compara seu desempenho com um processador Pentium. Um 6x86 MX Pr 233 por exemplo, opera a apenas 187 MHz, usando multiplicador de 2,5x e clock externo de 75MHz, existindo também versões que operam a 200 MHz, usando multiplicador de 3x e clock externo de 66 MHz.


Processador
Clock interno Multipli-cador Clock externo
6x86 MX Pr 166 133 ou 150 MHz 2x ou 2,5x 66 ou 60 MHz
6x86 MX Pr 200 166 MHz 2,5x 166
6x86 MX Pr 233 187 ou 200 MHz 2,5x ou 3x 75 ou 66 MHz
6x86 MX Pr 266 225 ou 233 MHz 3x ou 3,5x 75 ou 66 MHz
6x86 MII Pr 300 225 ou 233 MHz 3x ou 3,5x 75 ou 66 MHz
6x86 MII Pr 333 250 MHz 2,5x 100 MHz
6x86 MII Pr 350 300 MHz 3x 100 MHz

No caso do Pentium II, muitas placas mãe são capazes de detectar automaticamente a velocidade de operação do processador. Estas placas são chamadas de "jumperless", justamente por não possuírem jumpers, sendo toda a configuração feita através do Setup. Em outras, existe apenas um conjunto de jumpers que permite diretamente configurar a velocidade de operação do processador. Assim, com a configuração x o processador irá operar a 266 MHz e com a configuração y o processador operará a 300 MHz, por exemplo.

VOLTAGEM DO PROCESSADOR

Por serem produzidos utilizando-se técnicas diferentes de fabricação, modelos diferentes de processadores demandam voltagens diferentes para funcionar corretamente. Como sempre, as placas mãe, a fim de manter compatibilidade com o maior número possível de processadores, oferecem a possibilidade de escolher através da configuração de jumpers entre várias voltagens diferentes.

Setar uma voltagem maior que a utilizada pelo processador, causará superaquecimento, que em casos extremos, pode até causar danos, ou mesmo inutilizar o processador. Caso a voltagem selecionada não seja suficiente, o processador ficará instável ou mesmo não funcionará.

No manual da placa mãe, encontraremos informações sobre as voltagens suportadas, assim como a configuração adequada de jumpers para cada uma.

O Pentium comum, usa voltagem de 3,3v. Algumas palcas mãe porém oferecem apenas 3,5v, que é a voltagem usada pelo Pentium VRE. Se for o seu caso, use 3,5v, que apesar de não ser a voltagem ideal não irá causar nenhum mal funcionamento.

O Pentium MMX por sua vez usa uma voltagem ligeiramente inferior: 2,8v. Como as instruções MMX são apenas software, este processador não exige nenhum suporte especial por parte da placa mãe. Qualquer placa que ofereça suporte ao Pentium 200, também suportará os processadores MMX de 166, 200 e inclusive a versão de 233 MHz, bastando neste último caso setar o multiplicador como 1,5x. O único problema é justamente a voltagem. Nem todas as placas mãe antigas oferecem a voltagem dual exigida pelo MMX, o que nos impede de usá-las em conjunto com estes processadores.

Nos processadores AMD K6, K6-2 e Cyrix, a voltagem pode variar confirma a série do processador. Para saber com certeza, basta verificar a estampa superior do processador, que traz a voltagem usada.

O Cyrix 6x86 MX e MII utiliza voltagem de 2,9v. Caso a sua placa mãe não disponibilize esta opção, você poderá usar 2,8v como no MMX.

Ao contrário dos processadores que usam o soquete 7, não precisamos configurar a voltagem ao usar um processador Pentium II. Isso acontece por que este processador é capaz de sinalizar para a placa mãe a voltagem que utiliza, dispensando qualquer configuração externa. Muitas placas são, inclusive, capazes de detectar também a velocidade de operação do processador Pentium II, dispensando qualquer configuração de jumpers.

Apenas a título de curiosidade, os processadores Pentium II, baseados na arquitetura Klamath (até 333 MHz) utilizam 2,8 V e os baseados na arquitetura Deschutes (350 MHz em diante e alguns dos de 300 e 333 MHz) usam 2,0 V.

 

:. Outros Jumpers »

 

 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Guia do Hardware.Net
http://www.guiadohardware.net/