:. Indique este site a um amigo...
 3285135 visitas desde 28/02/1999  |  Responsável: Carlos E. Morimoto
 :. Novo na área?! Leia nosso tutorial: Hardware para Iniciantes

Seções
Cursos online :. Guia Completo de Redes
Relacionados

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux 4.Ed
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Kurumin Linux

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Comente esta
   Matéria

Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
Manual de Hardware Completo 3ed.
Redes 3ed
Upgrade e Manutenção
Novas tecnologias 3Ed
Entendendo e Dominando o Linux
Dicionário Técnico de Informática. R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Slackware 8.1 R$ 8,00
Red Hat 8.0 R$ 16,00
DemoLinux 3.0 R$ 8,00
Knoppix R$ 8,00
Peanut 9.1 R$ 8,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Debian 3.0 R$ 35,00
Definity R$ 8,00
E outras distribuições

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: 29.03.2002  :. Em Reformulação!
Tipo: Curso
Fabricante: Não se Aplica
Por: Carlos E. Morimoto

 

   Guia Completo de Redes

:. HomePlug Powerline

Este é mais uma tecnologia que segue a idéia de utilizar os cabos que já temos em casa ao invés de instalar mais cabos para a rede.

Mas, enquanto o HomePNA permite usar as extensões telefônicas, o HomePlug permite utilizar a própria fiação elétrica da casa, algo ainda mais prático.

Apesar dos cabos elétricos não serem exatamente um meio adequado para a transmissão de dados, o HomePlug permite velocidades mais altas que o 802.11b e o HomePNA, 20 megabits no total ou 14 megabits reais, descontando o protocolo de correção de erros utilizado para garantir a confiabilidade das transmissões através de um meio tão hostil quanto os cabos elétricos.

Descontando todas as perdas com as várias camadas de modulação e protocolos, temos velocidades de transmissão de dados de 8 a 9 megabits, uma marca respeitável, que supera por uma boa margem os 7 megabits reais das redes Ethernet de 10 megabits.

O padrão HomePlug 1.0 foi estabelecido em Julho de 2001 e os primeiros produtos começaram a ser lançados em Novembro ou seja, estamos falando de um padrão bastante novo.

Não existe um número máximo de dispositivos que podem ser adicionados à rede, mas a banda é compartilhada entre todos os dispositivos. Quanto mais dispositivos, pior será o desempenho.

O maior problema do HomePlug é que os sinais da rede se propagam por toda a instalação elétrica até o transformador da rua. Isto é um problema sobretudo em apartamentos e conjuntos residenciais, onde é comum cada prédio ou bloco compartilhar o mesmo transformador. Caso um número grande de moradores resolvesse usar redes HomePlug, sem dúvida a velocidade de transmissão decairia bastante.

Para garantir pelo menos a privacidade dos usuários, o padrão utiliza o algoritmo de encriptação DES, que utiliza chaves de 56 bits, razoavelmente seguras para os padrões atuais.

Cada interface HomePlug custa em média 100 dólares, apesar de haver perspectiva de queda para os próximos meses, já que o padrão ainda é muito novo. A tendência é que o sistema se mantenha mais barato que o 802.11b, já que não é necessário utilizar pontos de acesso, os transmissores são mais baratos e não é necessário usar a antena que responde por boa parte dos custo das placas 802.11b

Ainda é muito cedo para dizer se o HomePlug será capaz de conquistar seu espaço competindo diretamente com as redes sem fio, mas sem dúvida o padrão tem potencial para tornar-se uma alternativa viável, principalmente considerando que já está em desenvolvimento o padrão 2.0, que aumentará a velocidade de transmissão para 100 megabits.


« Voltar .: | :. HomeRF »

Comente esse assunto no fórum

Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro de revisão
no texto? Escreva para mim:

 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Carlos E. Morimoto
Melhor visualizado em qualquer browser. Você escolhe o que usar, não nós :-)