Guia do Hardware.Net
Impresso em: 7/3/2003, 07:52:27
Impresso de: http://www.guiadohardware.net/curso/redes_guia_completo/26.asp

Cursos online :. Guia Completo de Redes

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux 4.Ed
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Kurumin Linux

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Comente esta
   Matéria

Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
Manual de Hardware Completo 3ed.
Redes 3ed
Upgrade e Manutenção
Novas tecnologias 3Ed
Entendendo e Dominando o Linux
Dicionário Técnico de Informática. R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Slackware 8.1 R$ 8,00
Red Hat 8.0 R$ 16,00
DemoLinux 3.0 R$ 8,00
Knoppix R$ 8,00
Peanut 9.1 R$ 8,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Debian 3.0 R$ 35,00
Definity R$ 8,00
E outras distribuições

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: 29.03.2002
Tipo: Curso
Fabricante: Não se Aplica
Por: Carlos E. Morimoto

 

 Guia Completo de Redes

:. Configuração de rede no Win 98

Depois de montar a parte física da rede, vamos agora para a configuração lógica das estações. Este trecho explica como instalar a placa de rede e fazer a configuração lógica da rede em micros rodando o Windows 95 ou 98:


:. Instalando a placa de rede

Todas as placas de rede à venda atualmente são plug-and-play, isto torna sua instalação extremamente fácil. Basta espetar a placa em um slot disponível da placa mãe, inicializar o micro para que o Windows a detecte e se necessário, fornecer os drivers que vêm junto com a placa. Para instalar uma placa não plug-and-play, abra o ícone rede do painel de controle, clique em adicionar, em seguida em adaptador e finalmente em com disco.

Depois de instalada a placa, acesse o gerenciador de dispositivos e cheque as configurações da placa para ter certeza de que ela está funcionando corretamente. Placas plug-and-play não costumam dar muita dor de cabeça, mas é comum placas antigas, de legado, entrarem em conflito com outros dispositivos. Se for o seu caso, altere o endereço usado pela placa, ou então reserve o endereço de IRQ usado pela placa na sessão PCI/plug-and-play do Setup, para que não seja usado por outros dispositivos.


:. Configurando uma rede ponto a ponto

Tanto o Windows 95, quanto o Windows 98, oferecem recursos que permitem montar uma rede ponto a ponto entre vários micros rodando o Windows com facilidade. Você deverá instalar o Cliente para redes Microsoft, o Compartilhamento de arquivos e impressoras para redes Microsoft e um protocolo de comunicação dentro do ícone Redes do painel de controle.

Você poderá instalar basicamente três protocolos: TCP/IP, NetBEUI e IPX/SPX. O TCP/IP é praticamente obrigatório, pois é necessário para compartilhar o acesso à Web, mas você pode manter os outros dois instalados se desejar. O NetBEUI permite compartilhar recursos com os outros micros da rede sem necessidade de configurar manualmente um endereço, como no TCP/IP e o IPX/SPX permite a conexão com redes Novel.

É recomendável, sempre que possível, manter apenas o TCP/IP instalado, pois ao instalar vários protocolos, mais clientes de rede etc., o Windows sempre manterá todos eles carregados, tornando o sistema um pouco mais lento.

Para instalar o protocolo basta escolher protocolo e clicar em adicionar. Na tela seguinte escolha Microsoft no menu do lado esquerdo para que os protocolos disponíveis sejam exibidos. Também estão disponíveis protocolos de outros fabricantes, como o Banyan VINES e o IBM DLC (caso precise).


Depois de instalar os protocolos, você deve instalar também o Cliente para redes Microsoft, para que possa acessar os recursos da rede. Basta escolher Cliente e clicar em Adicionar na janela de instalação dos componentes da rede. Sem instalar o cliente para redes Microsoft o micro não será capaz de acessar os recursos da rede.

Para finalizar, volte à janela de instalação de componentes, clique em serviço e adicionar, e instale o Compartilhamento de arquivos e impressoras para redes Microsoft, que permitirá a você compartilhar recursos como arquivos e impressoras com outros micros da rede.


Para que o micro possa acessar a Internet, você deverá instalar também o Adaptador para redes dial-up. Para isto, clique em adaptador na janela de instalação de componentes, e no menu que surgirá, escolha Microsoft no menu da esquerda, e em seguida, Adaptador para redes dial-up no menu da direita.

 



:. Configurações

Após instalar os itens anteriores, seu ambiente de rede deverá estar como o exemplo da figura ao abaixo. Clique no botão Compartilhamento de arquivos e impressoras e surgirá um menu com duas seleções: desejo que outros usuários tenham acesso aos meus arquivos e desejo que outros usuários tenham acesso às minhas impressoras. Por enquanto, mantenha marcados ambos os campos.




Voltando à janela principal, acesse agora a guia Identificação. Nos campos, você deve dar um nome ao micro. Este nome será a identificação do micro dentro da rede Microsoft, e deverá ser diferente em cada micro da rede. Este nome poderá ter até 15 caracteres. São permitidos apenas caracteres alfanuméricos e os caracteres ! @ # $ % ^& ( ) - _ { } . ~ e não são permitidos espaços em branco. Na mesma janela você deverá digitar o nome do grupo de trabalho do qual o computador faz parte. Todos os micros de uma mesma sessão deverão fazer parte do mesmo grupo de trabalho, isto facilitará o acesso aos recursos, pois fará com que todos apareçam na mesma janela, quando você localizar um micro na rede, e dentro na mesma pasta, quando abrir o ícone ambiente de redes

Finalmente, digite algo que descreva o micro no campo Descrição do computador, este campo não altera em nada a configuração ou o funcionamento da rede, mas será visto por outros usuários que acessarem recursos compartilhados pelo seu micro. Você pode digitar, por exemplo, o nome do usuário do micro, ou então alguma observação como Micro do chefe.

Acesse agora a guia Controle de acesso. Aqui você poderá escolher entre Controle de acesso em nível de compartilhamento e controle de acesso em nível de usuário. A primeira opção se destina a compartilhar recursos numa rede ponto a ponto, onde um recurso compartilhado fica acessível a todos os demais micros da rede, podendo ser protegido apenas com uma senha. A opção de controle de acesso a nível de usuário pode ser usada apenas em redes cliente servidor; selecionando esta opção, você deverá configurar as permissões de acesso aos recursos da rede no servidor e informar no campo, o endereço do servidor onde estão estas informações.


Finalmente, precisamos acertar as configurações do TCP/IP. Veja que no gerenciador de rede aparecerão duas entradas para o TCP/IP, uma relacionada com a placa de rede e outra relacionada com o adaptador de rede dial-up. A entrada relacionada com a dial-up é a entrada usada para acessar a Internet via modem, e deve ser configurada (se necessário) de acordo com as configurações fornecidas pelo seu provedor de acesso. A entrada relacionada com a placa de rede por sua vez, é a utilizada pela rede. É ela que devemos configurar.

Clique sobre ela e, em seguida, sobre o botão propriedades; surgirá então uma nova janela com as propriedades do TPC/IP. No campo endereço IP escolha a opção Especificar um endereço IP e forneça o endereço IP do micro, assim como sua máscara de sub-rede. O Campo Obter um endereço automaticamente deve ser escolhido apenas no caso de você possuir um servidor DHCP corretamente configurado em sua rede.



:. Logando-se na rede

Após instalar o cliente para redes Microsoft, toda vez que inicializar o micro o Windows pedirá seu nome de usuário e senha. É obrigatório logar-se para poder acessar os recursos da rede. Se você pressionar a tecla Esc, a janela de logon desaparecerá e o sistema inicializará normalmente, porém todos os recursos de rede estarão indisponíveis.

Se a tela de logon não aparecer, significa que o Windows está tendo problemas para acessar a placa de rede, e consequentemente a rede está indisponível. Neste caso, verifique se a placa de rede realmente funciona, se não está com nenhum tipo de conflito e se os drivers que você usou são os corretos.

Lembre-se que muitas placas de rede mais antigas (não PnP) precisam ter seus endereços de IRQ, I/O e DMA configurados através de um programa que acompanha a placa antes de serem instaladas. Este programa, geralmente Setup.exe vem no disquete que acompanha a placa; basta executá-lo pelo DOS.


« Voltar .: | :. Compartilhando Recursos »

 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Guia do Hardware.Net
http://www.guiadohardware.net/