:. Indique este site a um amigo...
 3284242 visitas desde 28/02/1999  |  Responsável: Carlos E. Morimoto
 :. Novo na área?! Leia nosso tutorial: Hardware para Iniciantes

Seções
Cursos online :. Guia Completo de Redes
Relacionados

+ HOME
   :. Análises
   :. Artigos
   :. Cursos Online
       :. Hardware
       :. Redes
       :. Linux (foca)
       :. Gravação CDs
       :. Notebooks
       :. Setup
   :. Livros
      
:. Entendendo e
    Dominando o Linux 4.Ed
   :. Arquivo DDD
   :. Dicionário
   :. FAQ
   :. Notícias
   :. Dicas Linux
   :. Overclock
   :. Tutoriais

+ Publicações
   :. CD GDH
   :. CDs Mandrake
   :. CDs do Linux
   :. E-Books

+ Kurumin Linux

+ Outros
   :. Fórum
   :. Humor
   :. Palm
   :. Quiz

+ Pesquisar no site:

+ Expediente

+ Comente esta
   Matéria

Dúvidas sobre
Linux?
Baixe o E-book
Entendendo e Dominando o Linux
de Carlos E. Morimoto
ou increva-se no
Curso de Linux
em SP


Invista em
conhecimento:
:.CD-ROM Guia do Hardware: Todos os e-books e uma cópia off-line de todo o site por R$ 21,00
:.Linux Mandrake 9.0 GDH, com manual em Português e aplicativos. 4 CDs por R$ 24,00
:. E-Books de Carlos E. Morimoto:
Manual de Hardware Completo 3ed.
Redes 3ed
Upgrade e Manutenção
Novas tecnologias 3Ed
Entendendo e Dominando o Linux
Dicionário Técnico de Informática. R$ 8,00

:. CDs do Linux:
Slackware 8.1 R$ 8,00
Red Hat 8.0 R$ 16,00
DemoLinux 3.0 R$ 8,00
Knoppix R$ 8,00
Peanut 9.1 R$ 8,00
FreeBSD R$ 20,00
NetBSD R$ 16,00
Libranet R$ 8,00
Debian 3.0 R$ 35,00
Definity R$ 8,00
E outras distribuições

 

Dicas do dia : Receba as atualizações do Guia do Hardware todos os dias, direto no seu e-mail. Clique aqui para se inscrever.
 

Data: 29.03.2002  :. Em Reformulação!
Tipo: Curso
Fabricante: Não se Aplica
Por: Carlos E. Morimoto

 

   Guia Completo de Redes

:. Compartilhar a conexão com a Internet usando o ICS

O ICS, ou Internet Conection Sharing é o recurso nativo do Windows que permite compartilhar a conexão com a Internet entre vários PCs, tanto rodando Windows, quanto rodando Linux ou outros sistemas operacionais. O ICS é encontrado no Windows 98 SE, Windows ME, Windows 2000 e Windows XP. Ele não está disponível no Windows 98 antigo, nem no Windows 95.

Vamos ver agora como configurar este recurso para compartilhar a conexão entre máquinas rodando o Windows 98 SS, Windows 2000 e Linux.

Para usar o ICS, você precisa estar com a sua rede já montada e com o protocolo TCP/IP instalado em todos os micros.

Um dos principais motivos para ligar micros em rede hoje em dia é compartilhar a mesma conexão com a Internet. Afinal, por que colocar um modem em cada máquina, possuir mais de uma linha telefônica, pagar mais pulsos telefônicos etc. se é possível ter apenas uma conexão, seja via modem, seja uma conexão rápida qualquer e compartilha-la com os demais micros da rede?


:. Compartilhar a conexão no Windows 2000 Professional

1 - Abra o painel de controle/Conexões dial-up e rede. Acesse as propriedades da conexão com a Internet (e não a configuração da rede local), seja via modem, ADSL etc. acesse as propriedades, compartilhamento, e marque a opção Ativar compartilhamento de conexão com a Internet.


2 - Acesse as configurações de TCP/IP de todas as demais máquinas da rede mude a configuração para obter automaticamente um endereço IP. Esta é a configuração recomendada pela Microsoft, que faz com que todos os PCs obtenham seus endereços IP automaticamente, apartir da máquina que está compartilhando a conexão, via DHCP.

3 - Este compartilhamento funciona automaticamente em máquinas rodando o Windows 2000 ou 98 SE, basta configurar o TCP/IP para obter seus endereços automaticamente. Caso você tenha PCs na rede rodando o Windows 98 ou Win 95, acesse (no cliente), iniciar > programas > acessórios > ferramentas para a Internet > entrar na Internet. Escolha configuração manual na primeira pergunta do assistente, e na segunda responda que deseja conectar-se através de uma rede local.


A seguir, deixe desmarcada a opção de acessar via proxy. Terminando, bastará reiniciar o micro.


:. Compartilhar a conexão no Windows 98 SE

Infelizmente o Windows só incorporou um serviço de compartilhamento de conexão apartir do Windows 98 SE. Caso você esteja utilizando o Windows 98 antigo, ou o Windows 95, e por qualquer motivo não puder atualizar o sistema, a única solução seria utilizar um programa de proxy, como o Wingate, entre vários outros, inclusive gratuítos que já existem.

Presumindo que a máquina que detenha a conexão esteja rodando o Win 98 SE e que você já tenha configurado corretamente a rede, vamos aos passos para compartilhar a conexão:

1 - Abra o painel de controle/adicionar remover programas e abra a aba instalação do Windows. Acesse as Ferramentas para a Internet e instale o Internet Conection Sharing.


2 - Logo depois de instalado o serviço, será aberto um assistente, que lhe perguntará sobre o tipo de conexão que possui. Sem mistério, basta escolher entre conexão dial-up, ou seja, uma conexão discada qualquer, seja via modem ou ISDN, ou mesmo cabo unidirecional, ou então Conexão de alta velocidade, caso esteja acessando via ADSL ou cabo bidirecional.


3 - Terminado, será gerado um disquete, com um outro assistente, que deverá ser executado nos outros micros da rede, rodando o Windows 98 antigo ou Windows 95, que se encarregará de fazer as configurações necessárias. Caso as outras máquinas da rede estejam rodando o Windows 98 SE, não será necessário instalar o disquete.

4 - Como no caso do Windows 2000, para que o compartilhamento funcione, você deverá configurar o TCP/IP em todas as máquinas, com exceção do servidor de conexão claro, para obter seus IPs automaticamente (como quando se disca para um provedor de acesso), e não utilizar IPs estáticos, como seria usado numa rede clássica.

As demais máquinas da rede obterão seus endereços apartir da máquina que está compartilhando a conexão, que passará a atuar como um mini-servidor DHCP.

É mais um motivo para manter o NetBEUI instalado junto com o TCP/IP, ele fará com que a rede funcione mesmo que a máquina que compartilha a conexão esteja desligada.


:. ICS com IP fixo

Apesar de toda a documentação da Microsoft dizer que ao usar o ICS deve-se usar endereço IP dinâmico nas estações, isso não é obrigatório, você pode usar endereços IP fixos nas estações se preferir.

Ao ativar o compartilhamento da conexão no servidor, o ICS configura a sua placa de rede interna com o endereço 192.168.0.1, este IP vale apenas para a sua rede interna, é claro diferente do endereço usado na internet.

Para que as estações tenham IP fixo, basta configura-las com endereços dentro deste escopo: 192.168.0.2, 192.168.0.3, etc. e mascara de sub-rede 255.255.255.0. Nos campos de defaut gateway e servidor DNS preferencial coloque o endereço do servidor, no caso 192.168.0.1. Prontinho.

O uso de endereços IP fixos na estações derruba boa parte das críticas feitas ao ICS do Windows, realmente muita gente não gosta do sistema de IPs dinâmicos, pois dificulta o uso da rede caso o servidor de conexão não esteja ligado para fornecer os endereços a serem usados pelas estações. Eu também prefiro usar minha rede com IPs fixos.


:. Detalhes sobre o ICS

Estou começando a mexer com redes a pouco e estou com algumas dúvidas:

Com apenas uma máquina tendo speed (home) posso conectar 10 micros em rede (de Windows 98), tendo em um servidor win 98 SE? Hoje utilizamos em nossa empresa conexão Web via modem para cada micro, ainda usando pabx. Com uma rede de 10 micros, você acha que a conexão com speed compartilhado será mais rápida do que com modem em pabx? Compensa mudar o sistema em relação a velocidade de informações(a rede não é usada por todos a todo tempo....geralmente é só utilizada para enviar backups para o servidor a cada fim de turno)?

O compartilhamento de conexão oferecido pelo Windows vem se tornando bem popular. Como muita gente vem usando este recurso, também surgem várias dúvidas. Vou tentar dar uma explicação cuidadosa sobre como tudo funciona.

O ICS (Internet Conection Sharing, é o recurso do qual estamos falando :-) do Windows é na verdade um Proxy com suporte a NAT, que significa Network Address Translation. O NAT é um recurso que permite converter endereços da rede interna em endereços a serem enviados. A rede interna neste caso nada mais é do que a rede da sua casa ou empresa, enquanto a rede externa é a Internet.

Imagine uma rede simples, com 3 PCs. O PC 1 é o que tem a conexão via Speedy, de 256k. Este PC precisa ter duas placas de rede, uma onde será ligado o modem ADSL e outra para liga-lo em rede com os outros dois PCs. Ao habilitar o compartilhamento de conexão, este PC passa a ser o servidor, fornecendo acesso para os outros dois PCs.

Como tem duas placas de rede, ele passará a ter dois endereços IP. O seu endereço IP na Internet, 200.183.57.176 (por exemplo) e seu endereço IP na rede, que por defaut será 192.168.0.1.

Segundo as instruções dadas pelo Windows, você deverá configurar os outros dois PCs para obterem seus endereços IP automaticamente, mas você pode configurar os IPs manualmente se quiser. Eu pessoalmente recomendo a segunda opção, pois tornará a rede mais flexível. Para isso, abra a configuração do protocolo TCP/IP e dê endereços IP para as duas estações, podem ser por exemplo 192.168.0.2 e 192.168.0.3. Em seguida, coloque o endereço do servidor, no caso 192.168.0.1 nos campos Defaut Gateway e DNS primário. A máscara de sub-rede neste caso é 255.255.255.0. Rode o Assistente para conexão com a Internet do Windows (Iniciar > Programas > Acessórios > comunicações) e marque a opção de acessar através da rede local (creio que já expliquei isso em outros artigos)

Com isto, você configurou as duas estações para enviarem todos os pedidos para o PC 1, que é o único que está diretamente conectado à internet.

Ao abrir uma página, baixar um e-mail, abrir o ICQ, etc. em qualquer um dos dois PCs, o pedido de conexão será enviado para o PC 1, que por sua vez se encarregará de envia-los ao endereço correto na Internet, aguardar a resposta, e em seguida devolver os dados ao cliente.

Esta é justamente a função do NAT, tornar esta troca de dados transparente. Você não precisará configurar os programas para acessar a Internet via proxy, pois graças ao trabalho do PC 1, eles pensarão que estão diretamente conectados. Esta é a grande diferença entre o ICS e outros proxys que suportam Nat (o Wingate por exemplo) e proxys manuais, como por exemplo o Analog-X

A conexão com a Internet ficará disponível para os três PCs. Caso apenas um acesse, terá toda a conexão para si. Caso os três acessem ao mesmo tempo, a banda será dividida. Você vai perceber a conexão ficar mais lenta no PC 1 se estiver baixando arquivos no segundo, etc. Mas realmente, se comparada com uma conexão via modem, e ainda por cima via PABX, mesmo compartilhando a conexão entre 10 micros o acesso deverá ficar bem mais rápido. Se for o caso, pegue um Speedy de 2 megabits, provavelmente ainda vai sair mais barato que 10 contas de telefone :-).

O fato de compartilhar a conexão, não vai tornar sua rede mais lenta, pois a velocidade da conexão é muito pequena se comparado com os 10 ou 100 megabits que podem ser transportados através da rede.

Uma observação é que o ICS do Windows pode ser usado para compartilhar a conexão com PCs rodando outros sistemas operacionais. Basta configurar corretamente a rede, de preferencia com endereços IP fixos para que PCs com Linux, Free BSD, Windows 95, etc. acessem perfeitamente.


« Voltar .: | :. Compartilhar a conexão usando o Analog-X Proxy »

Comente esse assunto no fórum

Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro de revisão
no texto? Escreva para mim:

 

© 1999 - 2002 :. Todos os direitos reservados :. Carlos E. Morimoto
Melhor visualizado em qualquer browser. Você escolhe o que usar, não nós :-)