Dica: Para recuperar discos rigidos com problemas
Enviado por Alberto Collazo
<>

        Eu tive a feliz experiência de, antes de trabalhar c/ PC's, ter desde 1988, um Commodore Amiga, que começou c/ um simples A500 c/ 512Kb de Ram, sem HD e ligado numa tv, até um A1200 c/ 10Gb de HD, 64Mb de Ram, monitor próprio p/ Amiga(este me custou o olho da cara), e placa aceleradora c/ 68060, que emula Mac em uma velocidade absurda. Mas não foi para isso que eu escrevi, o caso é que meio que sem querer eu tive uma experiência muito boa que foi a seguinte: Durante uma formatação, um amigo meu foi surpreendido por uma queda de energia, durante o processo, quando a energia retornou, ele descobriu que o HD não funcionava mais, ele não era detectado nem mesmo pela bios do micro. Ele me explicou o acontecido, e como eu já havia visto casos semelhantes de Hd's que perdem as informações de registro, como modelo (ex. ST32200), tamanho (em cilindros, cabeças e setores), realmente não há o que fazer. Meu amigo me deixou o disco para desmontar, e foi quando eu tive a idéia de liga-lo no Amiga e tentar reconhece-lo. O sistema do Amiga, é totalmente diferente do PC, pois não existe uma Bios, pelo menos não como a dos PC's, ele trata todo periférico como SCSI, mesmo ele sendo IDE, e todo o processo reconhecimento, formatação e particionamento do disco é feito pelo sistema operacional (chamado de Workbench), e durante este processo ele recria todos os dados gravados pela empresa que fez o HD, e os grava novamente no disco, para assim poder formatá-lo. Esse processo funciona muito bem, o único problema é
vc achar alguém que tenha um Amiga c/ uma versão de Workbench relativamente nova p/ te ajudar a recuperar o seu disco. Também vale lembrar p/ não formatar o disco no padrão Amiga, pois quando vc ligá-lo no PC, terá que fazer uma formatação fisica p/ remover a estrutura de dados montada. Eu sei que isso mais vale como curiosidade, mas também vale lembrar a todos os técnicos de informática que tiveram muitos problemas c/ aqueles "benditos" HD's da W. Digital, os famosos Caviar de 850 a 2.2Gb, que os problemas de perda de partição, após fazer o processo no Amiga, são corrigidos (pois o meu HD de back-up é um Caviar de 1,6Gb, e funciona normalmente à quase dois anos).

Um abraço a todos, Alberto Collazo.

Obs. Eu devolvi o Hd ao meu amigo, depois de consertá-lo, ele era de 6.5Gb, e está funcionando a 8 meses como master no micro.