Dica: O Linux é mesmo eficiente?
http://www.guiadohardware.net

        Esta é uma série de mensagens postadas no grupo uol.mundodigital.software.so.linux.mandrake que discutem a funcionalidade do Linux seus pontos fortes e fracos, e quais as reais vantagens e desvantagens do ponto de vista de um usuário. São no total 4 mensagens, a original e mais três respostas. Se tiver tempo, leia até o fim pois é interessante.
        Agradecimentos ao Robson-M que foi quem me enviou as mensagens.

Subject: O Linux é mesmo eficiente?
Date: Fri, 6 Oct 2000 23:05:40 -0300
From: "Emerson Santana" <>
Newsgroups: uol.mundodigital.software.so.linux.mandrake

        Cá pra nós tem muito mito sobre o Linux que deveria ser esclarecido aos iniciantes.

1- O Linux trava (e como trava);
2- O linux com ambiente gráfico é grande pra cachorro;
3- Linux cabe sim num disquete, mas não faz nada que o disco de boot do windows com alguns comandos DOS não faça;
4- Pra usar linux sem falar inglês e sem entender de linguagem de programação você vai ter que pagar à alguém pra configurar o bicho pra você ou perder noites tentando sozinho, a não ser que por um milagre o seu PC seja 100% compatível e livre de conflitos:
5- A Corel fez um Office que é uma cópia discarada do office da tão famigerada Microsoft, não tem nada de novo e até perde em recursos e, se a sua impressora não se der bem com os drivers experimentais feitos pra Linux, o seu trabalho vai ficar uma merda;
6- Se você confia em um programa de origem desconhecida feito para rodar em ambiente Linux para gerir os dados da sua empresa, fica a pergunta: Quem você vai processar quando o bicho engripar com a sua folha de pagamentos dentro, pior, com os pedidos dos seus clientes (a Microsoft e a Mac pelo menos tem grana pra lhe pagar uma indenização);
7- O melhor é montar um computador para rodar Linux, há uma farta literatura até mesmo em português explicando quais são os componentes de hardware que são compatíveis. Fazer o contrário (botar o linux pra rodar em um PC idealizado pra rodar Windows é uma alfinetada nos ovos);
8- Nenhum sistema operacional vai lhe livrar da vontade de jogar o monitor na privada quando o seu trabalho de seis horar for pro vinagre;
9- Colocar o Linux como sistema operacional oficial do governo é até piada. Você consegue imaginar um funcionário público que não sabe nem fazer uma conta de somar em uma planilha do Excel compilando um kernel? :-D
10- não comece a usar Linux sem um Windows guardadinho em uma partição do seu HD (se você ainda não sabe o que é  partição e não tem outro HD, leia mais sobre o Linux).

De um fã do Linux, mas com os pés no chão e com a cabeça quebrada,
Emerson Santana

Subject: Re: O Linux é mesmo eficiente?
Date: Sun, 08 Oct 2000 09:23:55 -0300
From: Krasnoyarsk <>
Newsgroups: uol.mundodigital.software.so.linux.mandrake

On Fri, 6 Oct 2000 23:05:40 -0300, "Emerson Santana"
<> wrote:

>1- O Linux trava ( e como trava);

        Apenas por esse seu comentário, todo o restante do texto fica sem credibilidade. Cara, tb sou meio iniciante (vc com certeza tb o é) e digo com todas as letras: meu linux aqui NUNCA travou. Nunca mesmo. O que pode acontecer é alguma aplicação se comportar de forma errada.
        Então faça uso de uma das maravilhas do linux: 'mate' o processo referente àquela aplicação, e resolvido o problema. Isso o windows não tem, e nunca terá. Nem mesmo o win2k (tb o uso). Só como exemplo, estou com uma janela do DOS aberta aqui que simplesmente se nega a fechar. Nem mesmo finalizando o processo não acontece nada. Então, só inicializando o micro. No linux não necessitaria disso.

>2- o linux com ambiente gráfico é grande pra cachorro;

Realmente é, assim como o windows.

>3-Linux cabe sim num disquete, mas não faz nada que o disco de boot do windows com alguns comandos DOS não faça;

Nisso vc está completamente equivocado, mas muito mesmo.

>4-pra usar linux sem falar inglês e sem entender de linguagem de programação você vai ter que pagar à alguém pra configurar o bicho pra você ou perder noites tentando sozinho, a não ser que por um milagre o seu PC seja 100% >compatível e livre de conflitos:

        Mais um equívoco. Tem bastante documentação em portugues. Claro que se vc souber ingles, terá muito mais opções, não apenas nessa área, mas em todas as áreas. Isso é um fato comprovado. Sobre qualquer assunto se vc souber ingles, facilitará e muio as coisas. Com relação a linguagem de programação, realmente não é necessária no uso do linux. Mas se vc souber e gostar, melhor.

>5-a Corel fez um office que é uma cópia discarada do office da tão famigerada Microsoft, não tem nada de novo e até perde em recursos e, se a sua impressora não se der bem com os drivers experimentais feitos pra Linux, o seu trabalho fai ficar uma merda;

        Assim como nos primórdios, qdo Gates copiou o MAC... Claro que o StarOffice não tem nada de novo. Mas e daí? Vc por acaso usa pelo menos 10% dos recursos que o o MSOffice oferece? Uma outra pergunta: vc pagou pelo seu MSOffice ou é piratão mesmo? Vc pagaria aquele preço por ele, apenas para usar 10%?

>6-se você confia em um programa de origem desconhecida feito para rodar em ambiente Linux para gerir os dados da sua empresa, fica a pergunta: Quem você vai processar quando o bicho engripar com a sua folha de pagamentos dentro, pior, com os pedidos dos seus clientes ( a Microsoft e a Mac pelo menos tem grana pra lhe pagar uma indenização);

        Apenas uma pergunta: vc já viu a Microsoft ou a Mac sendo processada por esse motivo? E sabemos de muitos casos que aconteceram problemas com os programas da microsoft. Muitos mesmos. Cai na real.

>7-o melhor é montar um computador para rodar Linux, há uma farta literatura até mesmo em português explicando quais são os componentes de hardware que são compatíveis. Fazer o contrário (botar o linux pra rodar em um PC idealizado pra rodar Windows é uma alfinetada nos ovos);

        Nenhum computador foi idealizado para rodar o windows. Computadores são feitos para rodar qualquer sistema operacional, desde que haja compatibilidade de hardware. Vai instalar o NT em um computador que não atenda ao requerimento de hardware do NT. Vai se decepcionar! Assim é o Linux, assim é o MAC, assim são TODOS os sistemas
operacionais.

>8-nenhum sistema operacional vai lhe livrar da vontade de jogar o monitor na privada quando o seu trabalho de seis horar for pro vinagre;

        Isso tem cheiro de windows. Aquela famosa tela azul da morte...

>9-colocar o Linux como sistema operacional oficial do governo é até piada. Você consegue imaginar um funcionário público que não sabe nem fazer uma conta de somar em uma planilha do Excel compilando um kernel? :-D

        Discordo dessa sua opinião. O funcionário público brasileiro não precisa ser, necessariamente, burro. Ele é capaz de aprender, ele tem capacidade para isso. Ora, o funcionário público francês pode, o funcionário público chinês pode, então pq o brasileiro não pode? Acho que isso é complexo de inferioridade. Minha opinião sincera é que é exatamente isso que a Microsoft deseja, é isso que ela considera todos os seus usuários: são todos burros, não tem capacidade de aprender...

>10-não comece a usar Linux sem um Windows guardadinho em uma partição do seu HD ( se você ainda não sabe o que partição e não tem outro HD, leia mais sobre o Linux).

        Totalmente falso.Muita gente não precisa do windows. Acho que podemos conviver muito bem com o Linux. E só com ele.

>De um fã do Linux, mas com os pés no chão e com a cabeça quebrada,

        Tá explicado seu desabafo. Mas acho que o aprendizado real é uma longa caminhada. Nessa caminhada haverá muitas e muitas quedas. Mas é isso que o tornará um cara com um grande conhecimento do Linux. E finalmente vc será livre. Eu quero não apenas usar uma coisa (windows), eu quero saber exatamente como funciona aquela coisa (Linux). Essa é minha opinião.

Subject: Re: O Linux é mesmo eficiente?
Date: Sun, 8 Oct 2000 18:28:25 -0300
From: "Guaracy" <>
Newsgroups: uol.mundodigital.software.so.linux.mandrake

"Emerson Santana" <> escreveu na mensagem
news:[email protected]...
> Cá pra nós tem muito mito sobre o Linux que deveria ser esclarecido aos  iniciantes.

> 1- O Linux trava ( e como trava);

        O que pode travar são os programas. Se o ambiente gráfico trava, basta um Ctrl+Alt+BS, se um programa não quer fechar no ambiente gráfico, basta um xkill e assim por diante.

> 2- o linux com ambiente gráfico é grande pra cachorro;

        Diferente do Windows, o Linux possui diversos ambientes gráficos. Você pode optar por um pesado ou um mais leve. É uma questão de gosto. Se tu me disser que o IdeWM é mais pesado que o Windows, está totalmente equivocado.

> 3-Linux cabe sim num disquete, mas não faz nada que o disco de boot do windows com alguns comandos DOS não faça;

        Qual o aplicativo me permite rodar um programa em background '&'? Tem algum aplicativo DOS que me permita pessionar Alt+F1 e me logar novamente etc..?

> 4-pra usar linux sem falar inglês e sem entender de linguagem de programação  você vai ter que pagar à alguém pra configurar o bicho pra você ou perder noites tentando sozinho, a não ser que por um milagre o seu PC seja 100% compatível e livre de conflitos:

        Tem bastante documentação em português para o Linux. Já viu a LDP? A Conectiva tem trabalhado neste aspecto. Tem sites em português, NG, etc. Agora, inglês é muito importante para que trabalha na área (não estou falando de usuários).
Quanto a compatibilidade de hardware, realmente o Linux ainda tem que melhorar, mas isto está sendo feito pelas distribuições. Veja o site da Suse, Mandrake ou Conectiva e procure a lista de hardware suportado. O meu computador é bem novo (tem três meses) e o mandrake reconheceu tudo (desde USB até Zip drive)

> 5-a Corel fez um office que é uma cópia discarada do office da tão famigerada Microsoft, não tem nada de novo e até perde em recursos e, se a > sua impressora não se der bem com os drivers experimentais feitos pra Linux, o seu trabalho fai ficar uma merda;

        Que eu saiba a Corel já tinha o Office dela. Cópia discarada a MS também fez do Windows. Me diga uma pessoa que utiliza todos os recursos do Word (não precisa ser do Excel também para não precisar citar um gênio)

> 6-se você confia em um programa de origem desconhecida feito para rodar em ambiente Linux para gerir os dados da sua empresa, fica a pergunta: Quem você vai processar quando o bicho engripar com a sua folha de pagamentos dentro, pior, com os pedidos dos seus clientes ( a Microsoft e a Mac pelo menos tem grana pra lhe pagar uma indenização);

        E os Backdoors que foram encontrados no FPExtension? A MS colocou, não avisou para ninguém e depois diz que foi culpa de um funcionário que esqueceu de tirar. Chama isto de segurança para uma empresa? Quais os dados são enviados quando você se registra on-line? Você é muito ingênuo se pensa que vai poder processar a MS por um problema que ocorreu na sua folha de pagamento. Mesmo que o problema seja decorrente do Windows. Leia com cuidado as Licenças antes de tentar alguma coisa. Quanto aos softwares livres, eles possuem as fontes e portanto ou você acessa e faz as alterações ou peda para alguém fazer.

> 7-o melhor é montar um computador para rodar Linux, há uma farta literatura até mesmo em português explicando quais são os componentes de hardware que > são compatíveis. Fazer o contrário (botar o linux pra rodar em um PC idealizado pra rodar Windows é uma alfinetada nos ovos);

        Realmente colocar o Linux em um computador idealizado para o Windows é coisa de ... Já tentou instalar o Windows em um Mac? Esses WinModens, por exemplo são uma porcaria. No meu anterior tinha um e agora com um modem de verdade vejo claramente a diferença. Posso fazer diversos downloads simultaneamente, escutar música e ainda ir desenvolvendo um programa sem perda nenhuma de performance. O Winmodem utiliza o seu processador. Um computador com 32M mais placa on-board de 4Mb não pode ser a mesma coisa que um computador com 32 mais uma placa com 4M,

> 8-nenhum sistema operacional vai lhe livrar da vontade de jogar o monitor na privada quando o seu trabalho de seis horar for pro vinagre;

        Quando dá problemas eu tenho é vontade de quebrar o computador. O monitor não tem culpa. Nunca perdi 6horas de trabalho. Mesmo com o Windows.

> 9-colocar o Linux como sistema operacional oficial do governo é até piada. Você consegue imaginar um funcionário público que não sabe nem fazer uma conta de somar em uma planilha do Excel compilando um kernel? :-D

        Primeiro que se ele não sabe fazer uma soma no Excel não vai saber fazer em qualquer lugar. Um usuário não tem a necessidade de saber nada do que você falou. Um órgão publico vai ter o seu departamento de informático e eles é que vão fazer o trabalho sujo. Você conhece algum lugar onde eles mesmo fazem a atualização do Windows?

> 10-não comece a usar Linux sem um Windows guardadinho em uma partição do seu HD ( se você ainda não sabe o que partição e não tem outro HD, leia mais sobre o Linux).

> De um fã do Linux, mas com os pés no chão e com a cabeça quebrada,

De um fã do Windows, que só trabalha com Delphi mas tem os dois olhos abertos.

> Emerson Santana
> Guaracy

Subject: Re: O Linux é mesmo eficiente?
Date: Sun, 08 Oct 2000 21:23:49 -0200
From: "Cesar A. K. Grossmann" <>
Newsgroups: uol.mundodigital.software.so.linux.mandrake

Emerson Santana wrote:

> Cá pra nós tem muito mito sobre o Linux que deveria ser esclarecido aos iniciantes.

"Mitos sobre o Linux"... Tem uma página no site da Microsoft, chamada de "Linux Myths". Por quê será que os mitos que tem lá não são os mesmos que tem aqui? Será que o pessoal da Mcirosoft é incompetente para encontrar os "mitos" sobre o Linux

> 1- O Linux trava (e como trava);

        Sugiro que: ou pares de utilizar versões de desenvolvimento e passes para uma versão estável, ou; verifiques todo o teu hardware. O Linux nunca travou comigo se não por problemas de hardware.

> 2- o linux com ambiente gráfico é grande pra cachorro;

        Qual ambiente gráfico, aquele que colocaram no Yopi? Ou o do Itsy? Ou será qu estás falando do Black Box?

> 3-Linux cabe sim num disquete, mas não faz nada que o disco de boot do windows com alguns comandos DOS não faça;

Tipo rotear pacotes e firewall?

> 4-pra usar linux sem falar inglês e sem entender de linguagem de programação você vai ter que pagar à alguém pra configurar o bicho pra você ou perder noites tentando sozinho, a não ser que por um milagre o seu PC seja 100% compatível e livre de conflitos:

Experimente a última versão do Conectiva Linux: vais ter uma surpresa...

> 5-a Corel fez um office que é uma cópia discarada do office da tão famigerada Microsoft, não tem nada de novo e até perde em recursos e, se a sua impressora não se der bem com os drivers experimentais feitos pra Linux, o seu trabalho fai ficar uma merda;

        Use o StarOffice, ou o Pathetic Writer, ou o AbiWord (tem versão até para Windows, para você poder experimentar). Por outro lado, prá quê um editor de textos que pode apagar os arquivos do teu computador e fazer o mesmo pelos computadores dos teus amigos? Eu não preciso disto, você precisa?

> 6-se você confia em um programa de origem desconhecida feito para rodar em ambiente Linux para gerir os dados da sua empresa, fica a pergunta: Quem você vai processar quando o bicho engripar com a sua folha de pagamentos dentro, pior, com os pedidos dos seus clientes ( a Microsoft e a Mac pelo menos tem grana pra lhe pagar uma indenização);

        Tampouco eles vão te pagar. Leia a EULA com cuidado, lá diz claramente que eles não são responsáveis por qualquer problema que você venha a ter usando o programa deles.

> 7-o melhor é montar um computador para rodar Linux, há uma farta literatura até mesmo em português explicando quais são os componentes de hardware que são compatíveis. Fazer o contrário (botar o linux pra rodar em um PC idealizado pra rodar Windows é uma alfinetada nos ovos);

        Uma olhada na lista de compatibilidade de hardware do Linux é um bom conselho. Na página da Conectiva eles tem uma lista de hardware suportado. E tem também o Hardware HOWTO, que é bom conselheiro.

> 8-nenhum sistema operacional vai lhe livrar da vontade de jogar o monitor na privada quando o seu trabalho de seis horar for pro vinagre;

        O Linux nunca deu erro de proteção geral no drive de vídeo quando eu estava fazendo qualquer coisa...

> 9-colocar o Linux como sistema operacional oficial do governo é até piada. Você consegue imaginar um funcionário público que não sabe nem fazer uma conta de somar em uma planilha do Excel compilando um kernel? :-D

        Eu sou funcionário público e sei compilar um kernel, quer encarar? Por outro lado, usuário quer usar o computador, e não ficar compilando kernel, este é serviço do pessoal de informática: até instalação/atualização de programas é feito pelo pessoal de suporte, para garantir que a configuração esteja adequada.
        Por outro lado, a compra de dezenas de milhares de licenças de Windows 2000, para um parque de computadores que certamente irá exigir upgrade, e quando a maior parte dos técnicos mal tem conhecimento sobre o Windows NT, não me parece a melhor forma de cuidar do dinheiro público...

> 10-não comece a usar Linux sem um Windows guardadinho em uma partição do seu HD ( se você ainda não sabe o que partição e não tem outro HD, leia mais sobre o Linux).

        Nos computadores em que eu uso o Linux, não há partição com Windows. Em minha casa tenho o Windows, mas só no CD de instalação: a "máquina" está livre do mesmo...

> De um fã do Linux, mas com os pés no chão e com a cabeça quebrada,

Fã ou Troll?

[]s
--
Cesar A. K. Grossmann -